Rafael Ribeiro (Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)

O Fluminense está na lanterna do Campeonato Carioca após duas rodadas. O Tricolor, assim como Flamengo e Vasco, decidiu iniciar o estadual com um time alternativo, mas o desempenho foi abaixo do esperado.

O grupo formado por jovens do sub-23, sub-20, sub-17 e alguns titulares, perdeu de virada na estreia para o Resende, por 2 a 1. No último domingo, entretanto, o Tricolor passou vexame no Maracanã ao cair por 3 a 0 diante da Portuguesa.

O técnico Aílton admite que o time foi muito mal no segundo jogo, mas elogiou o desempenho na estreia.

“Foram dois jogos diferentes. Contra o Resende, jogamos muito. Saímos satisfeitos mesmo com a derrota. Hoje, fomos mal no primeiro tempo, e perdemos chances. No segundo tempo, foi muito ruim. O forte deles era a transição, cedemos o contragolpe. O nosso segundo tempo é para apagar da história. Espero que não se repita. Enfrentamos um time experiente, mas vamos ter de corrigir muita coisa”, afirmou.

O time terá a semana de preparação para o Fla-Flu, marcado para o próximo domingo, no Maracanã. O treinador espera “virar a chave” rapidamente e ver a equipe focada no clássico. O Flamengo é o vice-líder e uma das duas equipes que têm 100% de aproveitamento na competição.

“Estou triste demais, mas amanhã (segunda-feira) já temos que virar a chave. Tem clássico no próximo fim de semana, e clássico é muito aberto. Para que consigamos diante do Flamengo a nossa primeira vitória”, disse Ailton.

“Infelizmente os percalços acontecem no meio do caminho. Se tivéssemos ganho o jogo passado, que teve dois erros claríssimos do árbitro, onde faríamos 2 a 0 com 15 minutos, estaríamos aqui comentando algo bem diferente. Mas não podemos deixar cair, principalmente nós, que temos mais experiência, para que consigamos fazer com que o Fluminense volte a vencer. Tenho certeza que conseguiremos reverter tudo isso que está acontecendo”, concluiu.

Fonte: Terra

Facebook Comments