Apreensão-de-aves-SEDAM-370x264Madeira, caminhões e pássaros. Os primeiros resultados da operação Desmatamento Ilegal Zero, iniciada no dia 9 em Rondônia, foram anunciados pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) nesta quarta-feira (11). Na busca de pontos de derrubadas ilegais, com o auxílio de carta imagem (de satélite), fiscais apreenderam 30 metros cúbicos de madeira no município de Espigão do Oeste, a 539 quilômetros de Porto Velho.

A madeira serrada era transportada em dois caminhões que também foram apreendidos por fiscais da Sedam do escritório regional de Pimenta Bueno e agentes do Batalhão de Polícia Ambiental de Ji-Paraná. “Atuações desse tipo fazem parte da nossa rotina de trabalho e, agora, atendendo a determinações governamentais, elas estão organizadas de maneira a evitar qualquer custo excessivo ao estado”, disse o secretário, coronel Vilson Machado.

Segundo Machado, a economia de recursos e de tempo nessas operações já é possível, graças à eficácia de carta imagem elaborada pela Coordenadoria de Geociências. “É esse o objetivo fundamental das nossas atividades, e isso nos possibilita aumentar as intervenções da Sedam”, assinalou.

Em 48 horas de atuação, a fiscalização da Sedam apreendeu também três espingardas, barcos, munição, carne de animais silvestres e 45 pássaros (curió, canário da terra e coleira), criados sem autorização do órgão competente. Os pássaros estão sob cuidados da Coordenadoria de Desenvolvimento Florestal e Faunístico da secretaria e deverão ser devolvidos à natureza.


Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Sedam
Decom – Governo de Rondônia

 

Facebook Comments