Marcado para o último dia 27 de novembro, o início das atividades do Conselho de Ética e Decoro da Assembleia Legislativa de Rondônia – ALE/RO ainda não se tornou uma realidade.

Em suma, até que o Conselho dê início às atividades nenhum dos pedidos de cassação do mandato do deputado José Lebrão, filmado recebendo dinheiro de propina, será analisado pela Casa de Leis do Estado.

O presidente do Conselho de Ética é o deputado Ismael Crispim, que garantiu à imprensa que os pedidos de cassação de Lebrão seriam recebidos na última terça (27), porém, não tocou mais no assunto e sequer presidiu ao menos uma sessão do Conselho.

“Vamos realizar nossa primeira reunião às 16h desta terça e após o recebimento da denuncia o próximo passo é definir o relator e abrir para a defesa”, falou Ismael Crispim na ocasião.

Após o recebimento da denuncia pelo Conselho o deputado Lebrão terá até dez sessões para apresentar sua defesa, depois o Conselho terá mais quinze sessões para analise, podendo ser estendido de acordo com a necessidade até o limite de quarenta sessões, o que dará um longo tempo para Lebrão à frente do mandato.

Com isso Lebrão vai ganhando tempo, valendo-se do mandato para ficar fora da cadeia, e ganhando salário e benefícios como se nada tivesse acontecido, sem o menor constrangimento.

Fonte: Rondoniaovivo – João Paulo Prudêncio

Facebook Comments