A poucos dias para o fim do prazo concedido ao Governo do Estado, o Sindicato dos Agentes Penitenciários e Socioeducadores do Estado de Rondônia (Singeperon) solicitou através de ofício em caráter de urgência das autoridades estaduais para que apresentem o Plano de Carreiras, Cargos e Remunerações, bem como o Estatuto dos servidores da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus).

 

Por meio do Ofício nº 119/2016, protocolado na segunda-feira (19/09) o Singeperon reiterou o pedido de agendamento de reunião junto à Mesa de Negociação Permanente (Menp) e alertou sobre o prazo que finda no próximo dia 27. O documento foi enviado diretamente ao governador Confúcio Moura, ao chefe da Casa Civil, Emerson Castro, ao presidente da Menp e secretário de Estado de Planejamento, George Braga, e o secretário de Estado de Justiça, Marcos Rocha.

 

No documento o presidente do Singeperon, Anderson Pereira, lembra que o prazo também é de envio à Assembleia Legislativa para que o PCCR e o Estatuto possam ser aprovados, após discussão junto à categoria. “Os servidores concederam o prazo solicitado pela mesa de negociação do Estado e aguardam ansiosamente pelo estudo jurídico e de impacto financeiro no plano de carreira das categorias, caso haja descumprimento por parte do Estado vamos convocar um assembleia para deliberações das categorias, podendo até ser retomado o movimento suspenso”, afirmou.

 

Apesar de não ter acontecido nenhuma reunião oficial até o momento, o presidente do Singeperon declarou que vem recebendo informações de representantes do Estado de que o Plano e o Estatuto estão em fase de conclusão da análise técnica e de impacto financeiro. “Estamos mostrando neste período nossa total disposição para o diálogo. Está tudo documentado. Esperamos que dentro do prazo o Estado apresente a sua proposta para o Plano e o Estatuto, indispensáveis para a valorização dos servidores do sistema penitenciário e socioeducativo de nosso estado”, ressaltou Pereira.

 

Facebook Comments