O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, adiou viagem que faria nesta sexta-feira, 25, a Rondônia, por causa da greve dos caminhoneiros, que provoca paralisação de serviços e transportes no País, além de causar escassez de combustíveis.

Segundo agenda da presidente do PSDB de Rondônia, deputada federal Mariana Carvalho, o encontro com Geraldo Alckmin que aconteceria nesta sexta-feira, 25, no Space Caleche em Ji-Paraná. O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB desembarcaria às 9h da sexta (25) no Aeroporto de Ji – Paraná, José Coleto. Em seguida, visitaria o Frigorífico Tangará e a 7a  Rondônia Rural Show.

Mais cedo, após anunciar a equipe, Alckmin foi perguntado por jornalistas sobre como ficaria sua viagem, diante da crise deflagrada pela paralisação dos caminhoneiros. O presidenciável disse que não sabia se o avião em que viajaria teria combustível para decolar. O tucano iria de avião fretado, diferentemente das viagens que costuma fazer e divulgar em voos comerciais.

A assessoria de Alckmin justificou a decisão de adiar a viagem pela “escassez de combustível para a população e para o País”.

Estadão e Mais RO

Facebook Comments