Expedito X Marcos Rocha: o desenvolvimento contra o radicalismo

0
356
Expedito: apoio à agricultura familiar e ao agronegócio sem agredir a natureza. Foto Marcelo Gladson


Porto Velho- A sorte do rondoniense está lançada. Foram eleitos para disputar o segundo turno um candidato com propostas para desenvolver o Estado de Rondônia com diálogo com a população e outro, cujas propostas de governo são uma incógnita. Expedito Júnior (PSDB) que fez uma campanha limpa falando de propostas para alavancar a indústria, recuperar áreas degradadas, proteger o meio ambiente e ainda incentivar a agricultura e o agronegócio, vai enfrentar um candidato que passou a campanha enaltecendo Bolsonaro, cujas propostas para a Amazônia são as piores possíveis. Segundo Expedito, incentivar o agronegócio com sustentabilidade, ou seja, protegendo os mananciais, as nascentes e a floresta, é a melhor proposta para Rondônia.

Ao falar sobre a Amazônia, Bolsonaro disse que as riquezas minerais devem ser exploradas pelos estrangeiros porque o brasileiro não tem competência para isso. E que os indígenas não teriam um centímetro de terra se ele fosse eleito. É um discurso que esbarra nos projetos internacionais de proteção à natureza.

Expedito Júnior afirmou que é possível desenvolver o agronegócio sem desmatar e ainda recuperar as áreas degradas. Em uma entrevista, Marcos Rocha (PSL) disse que Rondônia tem reservas naturais demais e que é contra a preservação das florestas.

Fonte:Mais RO

 

Facebook Comments