Hérika Fontenele, ex-secretária de Assistência Social – SEAS no governo Confúcio
declarou no sábado (29/08), que é pré-candidata à vereadora de Porto Velho, pelo Partido Liberal – PL. Maranhense de nascimento, rondoniense de coração e radicada em Porto Velho desde 1998, Hérika é assistente social e servidora pública desde 2004; casada, mãe e cristã. Com passagens pela SEMA, INCRA e departamento de saúde da ALE-RO, Érika
recentemente esteve à frente da Secretaria Estadual de Assistência Social – SEAS, onde desenvolveu importantes projetos e programas, como a criação do Comitê de Políticas Públicas para a Criança e o Adolescente, Comitê de Enfrentamento à Violência Contra a Criança e o Adolescente e termos de cooperação contra o trabalho infantil. Hoje Érika Fontenele está lotada no Hospital Infantil Cosme e Damião, onde encontra-se afastada das suas funções desde o dia 14/08, cumprindo o que determina a legislação eleitoral.

Érika Fontenele que declara sentir falta de mais mulheres na política, diz que escolheu
ser Assistente Social, “acreditando em mundo melhor, com mais liberdade e menos ódio, para cuidar das pessoas, promovendo oportunidades de forma igualitária, com mais dignidade, garantindo o direito e mais justiça social da população”. Ressalta ainda que conhece o potencial, os problemas e a população da nossa capital, exatamente pela atuação fortíssima que sempre teve junto à população mais desassistida, onde por
muitas vezes esteve na linha de frente na luta pelos direitos reconhecidos em lei; desta forma ela afirma que “colocou o seu nome à disposição à pré-candidata a Vereadora do seu Partido, para voltar a lutar pela garantia dos direitos da população, como sempre fez, trabalhando em políticas públicas que abrangem entre outros temas o direito à vida”.

A pré-candidata Érika Fontenele finaliza afirmando que: “Porto Velho necessita com
urgência inovar e amadurecer. A luta para implementação dos direitos sociais deve ser sempre incansável para garantir a igualdade, a justiça social e a efetivação dos mínimos sociais, que cada cidadão necessita para viver, seja alimentação, moradia, vestuário, lazer, transporte, educação, saúde, trabalho, previdência, enfim, com mais proteção social individual e coletiva”.

Facebook Comments