Estudantes Projeto IntegrarOs estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cândido Portinari, em Rolim de Moura, desenvolveram nesTa quinta-feira (7), nas dependências da instituição de ensino, o projeto “Alimentação e Saúde”, a fim de conscientizar a comunidade escolar sobre a alimentação saudável e levar a discussão para toda a comunidade.

O objetivo do trabalho foi discutir questões relacionadas aos hábitos alimentares e fazer uma relação com a saúde e a qualidade de vida, e ainda, desenvolver a metodologia de pesquisa científica nos trabalhos escolares. Os componentes curriculares envolvidos foram as disciplinas de Biologia, Orientação de Estudos e Pesquisas, Educação Física, Matemática e Sociologia.

Para o desenvolvimento do projeto, os estudantes do 1º ano do Ensino Médio do Projeto Integrar buscaram informações e conhecimentos por meio de pesquisas de campo, internet, entrevistas, visitas a domicílios e à Secretaria Municipal de Saúde, além de pesquisas realizadas com a contribuição dos estudantes do 7º ano. Contaram, especialmente, com a ajuda dos professores orientadores, Arlete Cassol e Israel Barbosa Martins, e sob a supervisão deles trabalharam os assuntos propostos.

Os temas de pesquisas foram os hábitos alimentares dos estudantes do 7º ano da escola Cândido Portinari versus problemas com o peso; Alimentação nas diversas fases da vida; salário mínimo e alimentação; anorexia, bulimia e obesidade; fome e mortalidade infantil; valor nutricional dos alimentos e alimentos diet e light/ doenças causadas pelo consumo de doces e gorduras.

PROJETO INTEGRAR

Ana Pacini - 8-7-Qt (5)

Gerente da Educação Básica, Ana Pacini, responsável pelo Projeto Integrar

Os estudantes são beneficiados pelo Projeto Ensino Médio Integrar, uma iniciativa pedagógica inovadora, que propõe aulas interativas com o objetivo de proporcionar aos estudantes um ambiente de estudo, orientado por professores capacitados, que estimulem seu interesse pelo conhecimento e lhes deem subsídios para atingir suas metas pessoais.

A gerente da Educação Básica, Ana Pacini, explica: “Lançamos o projeto no início deste ano e já colhemos bons resultados com os estudantes mais participativos e motivados na aprendizagem, e é essa a proposta do Integrar, que busca trazer maior dinamicidade, contextualização e interdisciplinaridade nas aulas voltadas aos estudantes do Ensino Médio”.

Dessa maneira, pretende-se que haja um maior aprofundamento dos conteúdos trabalhados no decorrer de todos os três anos do Ensino Médio, e não apenas no último ano, como normalmente é feito, com a intenção de preparar os estudantes para os testes de entradas nas faculdades e universidades, além disso, os professores estão capacitados para tornar as aulas bem mais interessantes com o uso da internet, de vídeos, e outras mídias.

Para que as aulas sejam mais dinâmicas, interessantes e atendam aos objetivos propostos, os professores que atuam no projeto recebem formação em oratória, utilização de recursos midiáticos, assim como, formação continuada em sua área de atuação, seja ela Matemática, Geografia, Física e outras. Além dos profissionais terem a preferência da lotação de sua carga horária total ser na escola participante do projeto, também é oferecido a eles um incentivo financeiro diferenciado.


Fonte
Texto: Claudilene Regis
Fotos: Quintela
Secom – Governo de Rondônia


Facebook Comments