flu

A decisão da CBF de pedir auxílio à Fifa para lidar com as ações da Justiça comum, que tentam invalidar punições aplicadas pelo STJD a Portuguesa e Flamengo, ameaça jogar o futebol brasileiro no nó jurídico-esportivo que provocou a criação da Copa João Havelange em 2000.

Naquele ano, o Gama lutava na Justiça comum contra o rebaixamento definido também no STJD, que deu pontos ao Botafogo no caso Sandro Hiroshi. A CBF, para pressionar o time candango a retirar as ações, foi à Fifa, que acabou proibindo a entidade nacional de realizar o Brasileiro com o clube. Como havia decisão da Justiça determinando o contrário, e o Gama não recuou, a CBF ficou de mãos atadas e delegou ao Clube dos 13 a organização.

Foi feito, então, um torneio, com mais de cem clubes: a Copa João Havelange. No módulo azul, dos principais times, foram colocados Botafogo, Gama e até o Fluminense, campeão da Série C-1999.

A diferença é que em 2000 não havia Estatuto do Torcedor, o qual preza o acesso e descesso, vetando convites, o que ocorreria se a Série A-2014 for desenhada nos moldes da JH.

Além de pedir auxílio, a CBF explica à Fifa, em resposta ao pedido de informações vindo de Zurique, o motivo de não ter punido Portuguesa e Flamengo pelos processos, como indicado pela entidade máxima do futebol mundial em carta enviada em 16 de janeiro. A Fifa chegou a citar o artigo 68 de seu Estatuto, que veta o ingresso na Justiça comum e dá aval às associações para aplicação de sanções.

Por isso, a CBF relata que os clubes não são os autores das ações, mas ressalta que algumas delas foram instigadas por eles. E é aí que vem o pedido de auxílio.

Atualmente, a CBF tenta derrubar três liminares na Justiça de São Paulo que invalidam a decisão do STJD. Por outro lado, há duas no Rio que determinam o contrário.

Muitos campeonatos rolando

O cancelamento do Brasileirão pode ocorrer também devido ao número de campeonatos que estão rolando ou ainda vão iniciar neste semestre, antes da Copa do Mundo, em junho. Campeonatos estaduais em andamento, Copa Nordeste, Libertadores que começa no final de fevereiro, Copa do Brasil, Sul-Americana. Como o Brasileirão está sub judice e o certame de 2013 ainda está nos tribunais, a Copa Havelange é quase uma realidade.

 

Fonte: +RO

Com informações de Lancenet/Igor Siqueira e Marcelo Damat

Facebook Comments