Na contramão de algumas federações estaduais que estão declarando o fim das competições por conta da pandemia do novo coronavírus – caso do Amazonas – e de outras que desejam retomar as disputas assim que as autoridades de saúde permitirem, a Federação de Futebol Estadual de Rondônia (FFER) anunciou que o Estadual recomeçará apenas em novembro.

Em reunião, por meio de videoconferência, realizada na manhã desta quinta-feira, com representantes dos 11 participantes, ficou decidida a retomada do futebol no Estado da região Norte apenas no fim do segundo semestre. Assim, a competição deste ano será bem próxima, em termos de data, com a de 2021, facilitando na montagem dos elencos. Este foi o principal motivo para a concordância dos dirigentes.

O Campeonato Rondoniense está suspenso desde 17 de março. Até a paralisação, foram disputadas sete das oito rodadas da primeira fase. No Grupo A, os líderes Porto Velho e Real Ariquemes, com 14 e 13 pontos conquistados respectivamente, já haviam garantido vagas nas semifinais. Já eliminados, Rondoniense, Genus e Guarajá – todos com quatro pontos – completam a tabela.

No Grupo B, as duas vagas estavam em aberto, com Vilhensense – 14 pontos, Ji-Paraná – 13 pontos e União Coacoalense – com 12 – brigando pela classificação. Pimentense em quarto, com seis pontos, Barcelona, em quinto com cinco, mesma pontuação do Guaporé, só estavam cumprindo tabela.

Até por conta disso, ainda não foi definido se no retorno os times ainda disputarão essa última rodada da primeira fase ou já serão iniciadas as semifinais. Na fase de mata-mata, com jogos de ida e volta, caso ocorra dois resultados iguais, a vaga na final será disputada nos pênaltis.

IstoÉ

Facebook Comments