Esposa do jornalista Paulo Benito agradece manifestações de pesar

Taís Iamazaki, a esposa do jornalista Paulo Benito, que morreu na última semana, divulgou mensagem agradecendo as manifestações de pesar e destacou a vida do marido:

Meus queridos,

Passados alguns dias, estamos recompondo nossas forças para enxugar as lágrimas que ainda escorrem em nossos rostos e nos preparando para cuidar das feridas que ficaram, esta é uma das primeiras coisas que temos que fazer após a morte de um ente querido. E no momento que nos abateu uma profunda dor, jamais iríamos conseguir passar por ela sozinhos.

Por isso, queremos externalizar o nosso agradecimento pelo apoio no momento tão delicado da nossa família. Cada palavra de conforto, ligação, abraços e suporte no instante que palavras fogem para expressar a desolação que abateu em nossas vidas.

Paulo Benito, como era conhecido e querido, não era só um companheiro. Ele foi e ainda será a pessoa que mais me apoiou.

Um verdadeiro pai, amigo, conselheiro… A sua vida foi uma verdadeira dedicação à família, aos amigos e a todos que necessitavam de esteio.

Quem teve a felicidade de conhece-lo, também teve o prazer de ter alguém dedicado ao seu lado. Devotado com a missão de fazer o bem ao próximo, incansável quando era necessário ser o ombro amigo, e um verdadeiro pai quando era necessário, mesmo que nem sempre fosse compreendido naquele instante.

Sua simplicidade era visto por todos. Como âncora de um programa que se dedicou por anos a fio, carregou para si a função de ensinar tantos colegas o árduo ofício da profissão, tudo com sabedoria que a vida lhe deu e com muita humildade. Benito a frente do Programa Conteúdo Amazônia se despia de ego, de máscaras e perfis para demonstrar sua magnificência como jornalista. Ali era só ele. Ganhava todos com a modéstia de ouvir, comentar e aceitar a relevância dos conteúdos debatidos pelos seus convidados, transformando assuntos tão complexos, simples e fáceis de conversar.

Para mim, companheira de Paulo, ele foi mais do isso. Foi meu professor, amigo, incentivador, o pai dos nossos filhos. Foi o companheiro de uma vida.

E como a vida se torna irônica em muitos momentos: Sábado, 26 de junho, tínhamos completado seis anos de união. Seis finitos anos na frente de muitos planos, sonhos e conquistas que estavam por vir. Porém, o mordaz tempo resolveu levar meu cônjugue. No domingo, 27 de junho, após fortes dores na região estomacal ele deu entrada no Pronto – Socorro saindo de lá sem vida já na terça-feira, 29 de junho.

Apesar da dor que dilacera minha alma, sei que neste momento o meu grande amigo está com o Grande Arquiteto Do Universo, emanando luz para nossas vidas.

Meus queridos, vocês não fazem ideia de como foi importante receber a assistência no momento mais sofrido de minha vida e de meus filhos, foi importante para nós. Sem vocês ao nosso lado, acreditamos que não conseguiríamos novamente estar em pé.

E declaramos a todos vocês, sem exceção e sem declinar nomes para não corrermos o risco de cometer injustiças por deixar de mencionar pessoas, os mais sinceros agradecimentos e um abraço amoroso.

Tenham certeza, o nosso coração ainda dói, mas o amor que recebemos nos ajuda a curar a dor, e lembrar com muito carinho o período que tivemos o nosso querido Benito conosco.

Infelizmente a nossa vida tem que continuar, por mais que sintamos a falta do meu companheiro e pai dos meus filhos.

Gratidão pela presença de vocês em nossas vidas!

Taís Iamazaki e filhos.

 

 

Facebook Comments