Equipe do Prêmio Jovem Cientista visita escolas de Rondônia

“Segurança Alimentar e Nutricional” é o tema da 28ª edição 

logoNos dias 23 e 24 de outubro, a equipe do Prêmio Jovem Cientista visitará 11 instituições de ensino de Rondônia para apresentar o tema da 28ª edição, Segurança Alimentar e Nutricional. Gestores, professores e estudantes do Ensino Médio receberão dicas para desenvolver os trabalhos de pesquisa e poderão tirar dúvidas sobre a participação no prêmio. Entre as instituições visitadas estão a Secretaria de Estado de Educação, o Colégio Tiradentes da Polícia Militar do Estado de Rondônia e a EEEFM John Kennedy.

 

O Brasil tem papel decisivo no futuro dos alimentos. Possui vasto território agricultável e uma indústria de alimentos dinâmica e competitiva. Mas, também enfrenta grandes desafios que requerem soluções viáveis. Dentre as principais questões, estão: como produzir alimentos sem degradar o ambiente? Como satisfazer às necessidades nutricionais de uma população que cresce e envelhece? Como diminuir o desperdício e aumentar a qualidade de nossa dieta? De acordo com a organização das nações unidas para agricultura e alimentação, mais de 900 milhões de pessoas no mundo se alimentam menos que o suficiente para serem consideradas saudáveis, um cenário que torna políticas públicas de segurança alimentar imperativas para o desenvolvimento social. O debate também envolve a cadeia de produção dos alimentos e inclui as opções de transporte, armazenamento e conservação – do campo à mesa. Por tudo isso, o tema segurança alimentar e nutricional é estratégico e urgente na agenda da educação, ciência e inovação.

As inscrições para a 28ª edição do Prêmio Jovem Cientista já estão abertas e se encerram no dia 19 de dezembro. Estudantes do Ensino Médio e do Ensino Superior, mestres e doutores interessados em participar encontram todas as informações sobre a premiação e as linhas de pesquisa no site www.jovemcientista.cnpq.br

 

Os estudantes do ensino médio ainda contam com Webaulas sobre Segurança Alimentar e Nutricional, que ajudam a dar os primeiros passos na elaboração da pesquisa. É um material didático gratuito e online que traz vídeos, reflexões, dados, infográficos e alguns desafios importantes que os estudantes podem ajudar a resolver. Para acessar as webaulas, visite: http://www.jovemcientista.org.br/webaulas.

 

O Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e conta com patrocínio da Gerdau e da BG Brasil.

 

 

AGENDA DE VISITAS ÀS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DE RONDÔNIA

 

Quinta-feira, dia 23

9h30 – Centro de Ensino Mineiro

 

10h30 – Centro Educacional Dr. Gilberto Mendes de Azevedo

11h30 – Colégio Adventista de Porto Velho

14h30 – Colégio Terra Nova

15h30 – Colégio Tiradentes da Polícia Militar do Estado de Rondônia

16h30 – EEEFM 4 de Janeiro

19h30 – EEEFM John Kennedy

Sexta-feira, dia 24

8h – SEDUC

9h – Centro Educacional Objetivo

10h – Centro Educacional Mojuca

11h – Colégio Classe A (Sub-sede)

SOBRE O PRÊMIO JOVEM CIENTISTA

O Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e conta com patrocínio da Gerdau e da BG Brasil. Quatro categorias são premiadas: Mestre e Doutor, Estudante do Ensino Superior, Estudante do Ensino Médio e Mérito Institucional. Há ainda um prêmio de Mérito Científico para um pesquisador doutor que, em sua trajetória, tenha se destacado na área relacionada ao tema da edição. Os orientadores das três categorias principais e as escolas dos três classificados do Ensino Médio são agraciados com laptops, como forma de estimular e reconhecer a cadeia de aprendizagem.

 

Na categoria Mérito Institucional são premiadas as duas instituições – uma do ensino médio e outra do ensino superior – às quais estiver vinculado o maior número de trabalhos, com mérito científico, inscritos nas categorias Mestre e Doutor, Estudante do Ensino Superior e Estudante do Ensino Médio.

 

Entre os assuntos abordados em edições anteriores estão “Oceanos: fonte de alimentos”; “Sangue: fluido da vida”; “Energia e Meio Ambiente”; “Cidades Sustentáveis”; “Inovação Tecnológica nos Esportes”; e “Água: desafios da sociedade” – que bateu o recorde de inscrições, com 3.226 trabalhos.

Facebook Comments