A Energisa Rondônia esclarece que não recebe pagamentos de qualquer espécie nos atendimentos realizados em vias públicas ou pessoalmente, e que todas as cobranças são realizadas só e, exclusivamente, por meio da fatura de energia elétrica com identificação visual e dos dados da concessionária. A empresa informa ainda que já adotou as medidas cabíveis com relação ao fato.

A distribuidora ressalta que preza pela transparência e idoneidade em todos os seus processos e que todas dúvidas quanto aos procedimentos comerciais podem ser informadas por meio do call center 0800 647 7992 ou pelas redes sociais Facebook – @energisa e Twitter: @energisa.

Na última quinta-feira, 26, a Polícia Militar prendeu os eletricistas Izael H. C., de 35 anos e Bruno A. S. Eles cobrararam R$ 450 para trocar um relógio medidor de energia elétrica em uma residência no centro de União Bandeirantes, distrito de Porto Velho.

Fonte: Energisa

Facebook Comments