DIL1A enchente que assola o Estado de Rondônia e deixou milhares de desabrigados, fez transbordar no governador Confúcio Moura (PMDB) a faceta já conhecida dele e negada por algumas pessoas: o homem Confúcio é muito sensível ao sofrimento humano. Desde o início, quando ainda não transpareceria que a cheia do Madeira se transformaria num evento histórico, o governador se preocupou, colocando a Defesa Civil a postos. Quando a tragédia se consumou, o governador já tinha toda uma logística pronta para abrigar as vítimas da enchente.

Confúcio Moura trouxe a presidente Dilma, conseguiu recursos e ainda a autorização para a abertura de uma estrada cortando o Parque Estadual de Guajará-Mirim. Se a tragédia trouxe prejuízo político para o prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB), para o governador Confúcio Moura, porém, trouxe elogios e reconhecimento político até de adversários.

Animado com a súbita alta de popularidade, Confúcio Moura antecipou a data em que ele decidiria se sairia à reeleição, e vai aceitar concorrer de novo ao cargo neste sábado, 29 de março, em Ji-Paraná. Confúcio terá todo o apoio da presidente Dilma, acertado com o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp.

O encontro estadual do PMDB acontecerá no Clube Vera Cruz, a partir das 9 horas, em clima de festa. Prefeitos, vereadores de todos os municípios estarão presentes.

 

Facebook Comments