Embaixadas confirmam presença no lançamento da 5ª Rondônia Rural Show

Houve uma maratona de visitas às embaixadas sul americanas nesta semana para divulgar a 5ª Rondônia Rural Show.  Ao menos sete embaixadores receberam na quarta e quinta-feira (17 e 18) o vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira para tratar do assunto  da feira e ao mesmo tempo  discutir assuntos de comércio bilaterais envolvendo Rondônia e os países vizinhos.

IMG_1876O governo do Estado pretende realizar no dia 6 de abril uma atividade em Brasília, na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para fazer o lançamento da Rondônia Rural Show. Será a primeira vez que a divulgação da feira irá sair da fronteira do Estado. A feira está programada para acontecer no município de Ji-Paraná de 25  a 28 de maio de 2016.

O vice-governador destacou a importância do lançamento da feira na capital federal.  Segundo ele, o lançamento em Brasília visa fortalecer o convite perante as entidades federais e também a divulgação com a imprensa nacional e as embaixadas com sede em Brasília.

Daniel Pereira explicou que entre os 130 países que possuem embaixadas em Brasília,  muitos manifestam interesse em produtos de Rondônia. “Estamos visitando pessoalmente a embaixada de alguns países não nos limitando ao convite. Após isso, nós vamos mapear alguns países por área de interesse, por exemplo, a China, nós estamos com o interesse da ferrovia e é um grande consumidor de alimentos e também a Rússia. Então a gente tem que mapear possíveis países que tenham interesses e agendar uma visita”, assinalou.

Quanto aos países europeus, Daniel Pereira  enfatizou que já existem alguns contatos com franceses e espanhóis na embaixada e irá aproveitar para alavancar as conversas. “Nós temos interesse de pegar o nosso principal produto, que é o gado e tentar atender as exigências do mercado europeu para ter mais um mercado de consumo da nossa produção” afirmou.

Já, na Embaixada do Paraguai,  mesmo sabendo que o país vizinho tem a mesma característica de produção de Rondônia e no mercado internacional ser um concorrente, Daniel Pereira explicou que o Paraguai desenvolveu uma expertise significativa na produção de barcos, e Rondônia necessita dessa experiência.  “Convidamos empresários paraguaios para apresentarem-se em Rondônia para visitar os empresários que atuam nessa área para uma troca de informação, de intercâmbio, e, quem sabe até a aquisição de equipamentos”, asseverou.

De acordo com Daniel Pereira, na medida em que está  visitando os países, se descobre algumas áreas de interesses em comum que Rondônia possa ter. Na Colômbia, por exemplo, é possível fazer uma série acordos.   “Eles querem implementar a agricultura  familiar que é o modelo da agricultura de Rondônia. Hoje 80% das nossas propriedades de Rondônia são de pequenas propriedades, tanto é que quando falamos da feira agropecuária, prontamente a Embaixada se manifestou favoravelmente em presentificar-se ao lançamento em Brasília e em Ji-Paraná.

Durante a agenda da semana, Daniel Pereira visitou as embaixadas do Equador, Colômbia, Paraguai, Panamá, Uruguai e Argentina, além do encontro com empresários chineses.


Fonte
Texto: Zózimo Macêdo
Fotos: Zózimo Macêdo
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments