34 C
Porto Velho
terça-feira, agosto 16, 2022

Buy now

spot_img

Em Rondônia, vacinação é lenta e casos de covid não param de crescer

Em Rondônia, o ritmo da vacinação é lento, enquanto o número de casos de Covid-19 não para de crescer. Pouco mais de 20 dias do lançamento oficial da campanha de vacinação contra a Covid, 27.496 pessoas receberam a primeira dose da vacina, em Rondônia. Até o momento, cerca de 55% das vacinas distribuídas foram aplicadas. Nos últimos sete dias foram mais de 6.500 novos casos e 112 mortes.

O levantamento foi feito com base nos dados divulgados pelo Governo do Estado a partir das informações das secretarias municipais.

Para o Estado, o Ministério da Saúde encaminhou 107.008 doses de vacina, entre a Coronavac e AstraZeneca/Oxford. Deste total, 49.230 foram distribuídas pelo governo aos municípios, para aplicação da primeira dose.

O quarto lote com 36.600 vacinas contra a Covid-19 chegou em Rondônia no domingo e começou a ser distribuída na segunda-feira (8).

Na primeira remessa, foram entregues 49.208. O Estado recebeu outra remessa de 8.200 doses de imunizantes também da mesma marca Coronavac. Rondônia recebeu ainda 13 mil doses da vacina AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford.

Conforme informado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa), todas as etapas desenvolvidas devem estar de acordo com o Plano Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em andamento, incorporou até o momento os seguintes grupos prioritários: trabalhadores da Saúde do serviço público e privado, tanto da urgência quanto da Atenção Básica, envolvidos diretamente na atenção dos casos suspeitos e confirmados de Covid-19; população indígena aldeada, contemplada em 100%; e idosos institucionalizados.

Em Porto Velho, a Semusa finalizou na sexta-feira (5) a imunização dos idosos de 80 anos acima, com quase 3 mil contemplados com a primeira dose da vacina de Oxford/Astrazeneca. Aqueles que não puderam comparecer ou não agendaram terão nova oportunidade juntamente com o próximo grupo de idosos.

A Semusa enfatiza que ainda não abriu agendamento para idosos com idade superior a 75 anos, pois aguarda a remessa de mais doses. O cronograma com data de primeira e segunda dose que está sendo compartilhado em redes sociais, não foi divulgado pela Semusa, portanto as informações não correspondem ao planejamento da secretaria e devem ser desconsideradas. O agendamento será aberto tão logo o Ministério da Saúde envie nova remessa do imunizante.

Fonte: Mais RO

 

Related Articles

REDES SOCIAIS

0FansLike
3,435FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -Governo de Rondônia

Latest Articles