25 C
Porto Velho
domingo, agosto 14, 2022

Buy now

spot_img
spot_img

Eleições 2022 em Rondônia: conheça os pré-candidatos ao Senado Federal

Em outubro, os eleitores de Rondônia vão escolher quem vai substituir o senador Acir Gurgacz (PDT) no  Senado Federal.  Para disputar as eleições de 2022, os  candidatos devem ter os nomes registrados pelos partidos até dia 15 de agosto junto à Justiça Eleitoral. Mas, antes, os partidos deverão realizar suas convenções de 20 de julho a 5 de agosto quando definirão os nomes dos candidatos.

No estado, dois nomes buscam o apoio do presidente Jair Bolsonaro: o empresário do agronegócio Jaime Bagatolli (PL) e a deputada federal Mariana Carvalho (Republicanos).

Outros nomes ligados a partidos mais à direita também se colocaram como pré-candidatos, como o ex-senador Expedito Júnior (PSD), Jaqueline Cassol (PP) e Josinelio Muniz (Brasil 35). Já pela esquerda, o nome indicado pela Frente Democrática é o do ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade).

Confira a lista com os possíveis candidatos ao Senado por Rondônia nas eleições de 2022

Daniel Pereira (Solidariedade)

Natural de Campo Mourão (PR), Daniel Pereira, 57 anos, é advogado e ex-governador de Rondônia e líder sindical no estado. Daniel Pereira esteve à frente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Estado de Rondônia por seis anos e foi o fundador do Sintero, o Sindicato da Educação de Rondônia. Ele foi vereador do município de Cerejeiras pelo PT, deputado estadual por dois mandatos e, em 2014, foi eleito vice-governador na chapa de Confúcio Moura. Pereira assumiu o governo de Rondônia após a renúncia de Moura para disputar ao Senado. Recentemente o pré-candidato ao Senado teve suas contas de governador aprovadas pelo TCE-RO.

Jayme Bagatolli (PL)

Jayme Bagatolli, 61 anos, é empresário do agronegócio. Nascido em Presidente Getulio (SC), Bagatolli vive no município de Vilhena (RO). Em 2018, disputou uma vaga no Senado e ficou em terceiro lugar. Agora, filiado ao PL, partido do presidente, pretende concorrer novamente como candidato ao Senado por Rondônia no pleito de outubro. O nome dele foi referendado pelos presidentes estadual e nacional do PL, com apoio integral do presidente da República.

Expedito Junior (PSD)

Expedito Junior, 59 anos, é ex-senador e professor do ensino fundamental. Natural de Guararapes (SP), foi vereador do município de Rolim de Moura (RO), deputado federal por três mandatos. Em 2002, disputou uma vaga no Senado pelo PSDB, porém não obteve votos suficientes. Já no pleito de 2006 se candidatou novamente ao cargo de Senador, agora pelo PPS, e foi eleito. Porém, em 2009, foi afastado do cargo pelo STF devido a acusações de compra de votos e abuso do poder. Disputou o governo do estado nas eleições de 2014 e 2018, mas não se elegeu. Expedito Júnior será candidato a senador por Rondônia (RO) em 2022 e não contará com o apoio do pré-candidato ao governo Marcos Rogério (PL) que vai apoiar o candidato do próprio partido, Jaime Bagatolli.

Mariana Carvalho (Republicanos)

Mariana Carvalho, 35 anos, é médica e deputada federal por Rondônia. Carvalho nasceu na cidade de São Paulo, mas cresceu em Porto Velho. Formou-se em Direito e Medicina e, em 2008, disputou uma vaga como vereadora de sua cidade natal e foi eleita. Nas eleições de 2014, conquistou o cargo de deputada federal pelo PSDB e foi reeleita em 2018. Ela foi vice-líder do PSDB na Câmara. Recentemente, se desfiliou do PSDB e migrou para o Republicanos.

Jaqueline Cassol (PP)

Nascida em São Miguel do Oeste (SC), Jaqueline é advogada com pós-graduação em Direito Público e Penal. Cassol foi assessora jurídica no Ministério Público do Estado de Rondônia e diretora geral do Detran-RO. Em 2014, ingressou na política como candidata a governadora do estado, porém não venceu o pleito. Atualmente, é presidente do PP no estado e pré-candidata ao Senado por Rondônia (RO) nas eleições de outubro.

Josinelio Muniz (Brasil 35)

Formado em Direito e pós-graduado em docência superior, Josinelio Muniz, 45 anos, é advogado e pastor. Conhecido por ser apoiador de Bolsonaro, foi candidato a vice-prefeito de Porto Velho na eleição de 2020, mas não se elegeu. Muniz foi anunciado pelo presidente estadual do Brasil 35 como pré-candidato a senador por Rondônia em 2022.

Disputarão também ao Senado: Léo Fachin (Avante) e Benedito Alves (PDT)

Mais RO com informações de Jota

Related Articles

REDES SOCIAIS

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -

Latest Articles