Thiago Tezzari, no olho do furacão

PORTO VELHO-Quatro convenções municipais partidárias ocorrem hoje, último dia, segundo o calendário eleitoral. PSD, Solidariedade, DEM e Podemos.  PSD deverá confirmar o nome de Thiago Tezzari, o DEM de Fabrício Jurado e o Podemos, do deputado federal Léo Moraes. Já no Solidariedade, a convenção vai confirmar  a dupla coronel Ronaldo Flores e Pastora Cila (PV), de vice.

Por serem os últimos, muitas especulações em torno das posições e decisões. Thiago Tezzari, ex-presidente da EMDUR na gestão de Hildon Chaves(PSDB) viu-se envolvido em disse-me-disse, boatos e fake news. Segundo circula em alguns sites e redes sociais, o prefeito de Porto Velho teria se sentido traído por Tezzari ao ser fotografado no escritório do possível concorrente Leo Moraes. Na ocasião, outro candidato, Eyder Brasil (PSL) se deixou fotografar com Tezzari.

Segundo alguns sites, Hildon Chaves estaria disposto a demitir todos os servidores ligados a Tezzari, inclusive o atual presidente da EMDUR. O assunto tomou conta das discussões no dia de ontem, mas Thiago Tezzari disse ao Mais RO que tudo não passa de boatos e fake news. Que o encontro no escritório do advogado de Léo Moraes não passou de simples visita como já havia feito antes e a outros pré-candidatos.

Se for verdade o boato de que Hildon Chaves demitirá servidores ligados à Tezzari incorrerá em crime eleitoral, podendo até ser cassada a chapa. Desde o dia 15 de agosto é proibido demitir servidores públicos. A regra foi criada para que os funcionários de governos não pudessem ser cooptados por campanhas nem sofressem sanções por cumprirem com suas obrigações, caso estas fossem de encontro aos interesses de candidatos que ainda exerçam papel público.

Por conta de ser boato, Thiago Tezzari é um forte candidato a vice-prefeito na chapa de Hildon Chaves. Outro nome está sendo cotado. O de Fabrício Jurado, do DEM, que se lançou candidato e realiza hoje a convenção do DEM. “O meu nome está no jogo, mas tem o peso dos Carvalhos. A decisão final vai ser pessoal do HC”, disse Jurado ao Mais RO.

Quanto à Léo Moraes, do Podemos, ele anunciou ontem que vai anunciar hoje a decisão final sobre se disputará o pleito de 2020. O anúncio deverá ser feito hoje durante a convenção. Caso não saia candidato, o que é mais provável, ele deverá indicar o vice ´para algum candidato já homologado. Segundo fontes, só estaria fora de cogitações Hildon Chaves, porque é seria um forte concorrente dele em 2022.

O jogo está sendo jogado.

Eleições municipais serão em novembro; confira as novas datas do calendário eleitoral – AROM

Fonte: Mais RO

 

Facebook Comments