Eleições 2020: O trio com mais chances e uma surpresa viável

0
1

Supondo-se que Hildon e Léo fiquem fora da disputa, o que só saberá, com absoluta certeza, mais para o final deste mês, teríamos pelo menos três nomes fortes para disputar duas vagas ao segundo turno: Vinicius Miguel, Lindomar Garçon e Cristiane Lopes. Obviamente que é tiro na Lua, até porque as surpresas podem virar qualquer previsão que se tenha antes da abertura das urnas. Lembremo-nos de Hildon Chaves, que saiu da rabeira da disputa para uma vitória eleitoral histórica.

Caso entre na batalha, com o apoio de Hildon, do seu grupo político, do tucanato (Expedito Junior, Laerte Gomes, Mariana Carvalho, Maurício Carvalho e de lideranças como Expedito Neto, do PSD), Thiago Tezzari poderia entrar como um dos nomes mais fortes na disputa municipal. Ficaria, nessa elucubração, como um dos quatro com maiores chances.

Dentre os que surgem como “novos”,  poucos teriam chances reais. Dessa vez não haverá o fenômeno Bolsonaro para apoiar algum nome e, mesmo que houvesse, o Presidente já avisou que não quer participar da eleição municipal no país, ao menos no primeiro turno.

Portanto, o Coronel Chrisóstomo ou Eyder Brasil, bolsonaristas de primeira hora, não poderiam contar com esse diferencial. Ramon Cujuí, do PT, poderia surpreender? Muito difícil. Mas…Entre os demais, há alguns com chances, mas a maioria é de franco atiradores, que querem apenas popularizar seu nome.

Fonte: Blog Opinião de Primeira/Sérgio Pires