Professora Luzinete Gomes e o ex-aluno Iago Ghedin

Professora Luzinete Gomes e o ex-aluno Iago Ghedin
Professora Luzinete Gomes e o ex-aluno Iago Ghedin
Iago Ghedin ingressou no Colégio Objetivo em 2010, no 9° ano e, antes de encerrar o Ensino Médio, já tinha tomado sua decisão, fazer faculdade fora do Brasil. Atualmente, Iago mora no estado de Virgínia Ocidental e estuda Administração, Finanças e Contabilidade na University of Charleston.

Decidido e com personalidade forte, Iago lutou pelos seus sonhos desde muito novo. “Quando eu tinha aproximadamente 14 anos, fixei na minha cabeça que faria faculdade fora do Brasil. Eu já estudava inglês e concluí com 15 anos, fiz um intercâmbio no Canadá e tive um choque de cultura. Após concluir o curso de um idioma fui fazer Espanhol. Sempre com o foco em estudar fora do país”, conta ele.

Para ingressar em uma universidade dos Estados Unidos, não há necessidade de fazer uma prova como ocorre no Brasil. Alunos estrangeiros precisam passar por vários trâmites até conseguir ingressar, inclusive carta de recomendação. Iago dá todos os créditos para a professora de Empreendedorismo do Colégio Objetivo, Luzinete Gomes que segundo ele tem boa parcela de participação em todo o processo.

Ele conta que através das aulas da professora ele começou a compreender o conceito e a importância de se tornar um empreendedor. “As aulas de Empreendedorismo da professora Luzinete nos ajuda a construir um pensamento crítico sobre tudo, inclusive sobre nós mesmos. Falo com propriedade que tudo que ela me ensinou em sala de aula, eu uso todos os dias”, explica ele.

“Ser empreendedor é não ter medo de encarar desafios. Você pode ser empreendedor fazendo um omelete em casa ou abrindo uma empresa, depende só do ponto de vista. Tudo vem do interesse e da vontade de fazer diferente”, explica ele.

Para os estudantes do Colégio Objetivo que desejam buscar novos horizontes, Iago deixa um conselho. “Se é para buscar conhecimento em outro país eu indico que a pessoa não perca sua essência. Seria a primeira coisa a dizer para quem busca um futuro melhor. Não se pode ter medo de ser quem é e não querer ser alguém para agradar as outras pessoas”, reflete.

De acordo com a professora Luzinete, Iago virou referência em suas aulas. “Como ele mesmo disse, dificuldades sempre existirão e é preciso sempre transpor as barreiras para obter sucesso. Digo sempre para meus alunos que o senso de responsabilidade é muito importante até nos momentos de descontração e o Iago virou referência em minhas aulas por causa disso, ele sempre teve essas características aliadas ao senso de liderança que é dele e que com certeza o levará a fazer a diferença em qualquer lugar que estiver”, conclui Luzinete.

Facebook Comments