O depoimento emocionado do aposentado Francisco das Chagas que teve a esposa recuperada da covid-19 após receber atendimento garantido pelo Governo de Rondônia, marcou as primeiras horas da realização de mais um drive-thru de testagem rápida para diagnóstico da doença.

A ação faz parte do programa “Mapeia Rondônia” e ocorreu em um estacionamento de um antigo supermercado, na avenida Jatuarana, zona Sul de Porto Velho. Ao testar positivo, a pessoa tem a opção de aceitar todo o medicamento no local e é orientada a ficar em quarentena por 10 dias. Isso contribui para quebrar o ciclo da doença.

O aposentado Francisco das Chagas compareceu ao drive-thru para fazer o teste e a emoção não poderia ter sido diferente. Ele explica que a esposa, Maria José, foi acometida pela covid-19 e chegou a ficar em uma unidade de pronto atendimento por mais de 15 dias com o pulmão comprometido. Chagas não conteve a emoção ao relatar detalhes do que a família viveu e não poupou agradecimentos ao Governo do Estado que agiu de forma célere ao garantir a transferência de pacientes contaminados pelo coronavírus e em estado grave para outros estados.

“Graças a Deus o Governo do Estado garantiu a transferência da minha esposa para o Espírito Santo. Eu não tenho palavras para agradecer essa atitude. Ela ficou 50 dias internada, mas  resistiu e hoje está viva para testemunhar. Somos muito grato ao que o governador Marcos Rocha fez para transferir não apenas minha esposa como também outros pacientes que estavam à espera de atendimento”, disse Francisco das Chagas que esteve acompanhado da filha Sidia. Ambos tiveram resultados negativo.

As testagens rápidas desenvolvidas pelo Executivo Estadual têm ocorrido constantemente em vários municípios do Estado com o propósito de identificar possíveis pessoas que estejam infectadas pelo coronavírus, especialmente os considerados assintomáticos. Para o secretário  da Saúde, Fernando Máximo, a medida é uma forma de cessar a cadeia de transmissibilidade do vírus.

Foi a 5ª vez que o drive-thru de testes rápidos aconteceu em Porto Velho. Ao todo, o Governo do Estado já realizou 16 edições da ação, contabilizando mais de 11 mil testes rápidos realizados.

O servidor público Henrique Gomes destacou o comprometimento do Governo em garantir testagem para a população. “A zona Sul precisava dessa ação. Hoje estamos tendo essa oportunidade e isso é gratificante”, disse.

“É de estrema importância podermos fazer o teste. Está sendo muito boa a realização desta ação. Em caso de testar positivo, a pessoa já pode tratar o quanto antes e isso pode diminuir a força de transmissão do vírus”, disse a funcionária pública, Carina Silva.

“Fazer o teste rápido é fundamental para se tirar essa dúvida e começar o tratamento o mais rápido possível. A pessoa diagnosticada e tratada logo no início pode evitar complicações. Avalio como ótima essa oportunidade que o Governo está fazendo para atender a população”, disse Mario.

‘‘É sempre bom ter uma ação como essa, pois é muita gente que precisa, e aqui é gratuito. Está funcionando bem, muito organizado’’, garante a administradora de mercado, Enilma Santana.

‘‘Foi organizado, rápido, e eu fiquei muito feliz de terem realizado na zona Sul, ficou mais prático, e de graça ainda’’, disse o servidor público, Henrique Gomes.

A ação rápida do Governo do Estado no combate ao coronavírus e no tratamento às pessoas acometidas pela covid-19 têm garantido resultados positivos. Conforme a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), até o dia 29 de abril, Rondônia havia contabilizado 198.688 de pacientes recuperados, em todo Estado.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments