O Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), realizou a 8ª edição de testagem rápida para diagnosticar possíveis contaminados com o coronavírus. A testagem foi realizada no formato drive-thru, onde o cidadão fez o teste sem precisar sair do veículo. Os testes rápidos aconteceram durante toda a manhã desta sexta-feira (12) no estacionamento do Palácio Rio Madeira, quando foram realizados 812 testes, dos quais 220 foram positivados.

Essa foi a terceira vez que Porto Velho recebeu a ação Mapeia Rondônia visando garantir a agilidade desde o momento da triagem, coleta, cadastro, até a entrega do resultado, tudo com a ação de um verdadeiro batalhão montado pelo Governo do Estado.

A ação teve como objetivo realizar testes em massa para detecção do vírus com intuito de, em caso de resultado positivo, iniciar precocemente o tratamento e principalmente isolar essas pessoas contaminadas.

“Esse teste é mais moderno do que os que tinham no início da pandemia. Envolve mais tecnologia, ou seja, ele é feito detectando o próprio vírus, podendo ser realizado no primeiro dia de sintoma, sendo coletado o material do nariz pelo swab. A chance de dar um resultado falso negativo ou um falso positivo é muito menor do que os antigos, essas pessoas têm a oportunidade caso queiram, testando positivo, de passar por um médico e receberem o medicamento se optarem”, destacou o secretário de Estado de Saúde Fernando Máximo.

O Estado de Rondônia recebeu 62 mil testes rápidos de antígeno, doados pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) em parceria com o Ministério da Saúde. Por determinação do governador do Estado, coronel Marcos Rocha, foram distribuídos 30 mil para os municípios do interior, sendo que Porto Velho recebeu mais 12 mil kits. “Todas as prefeituras do estado de Rondônia têm os testes rápidos entregues pelo Governo do Estado, e orientamos a população que procure uma unidade básica do seu município caso apresente qualquer sintoma gripal ou se teve contato com alguém infectado para fazer o teste e isolar essa pessoa o mais precoce possível. Com essas novas cepas que estão circulando em Rondônia, muito mais contagiosas, é importante fazer esse tipo de evento, para diagnosticar o mais rápido possível”, destacou Fernando Máximo.

O Governo de Rondônia realizou teste rápido de antígeno simultaneamente em Porto Velho e Guajará-Mirim. Foram duas ações do Governo do Estado com o mesmo objetivo, ou seja, isolar detectar pessoas que testaram positivo para o coronavírus. Em Guajará-Mirim, foram realizados 387 testes, sendo 21 com resultados positivos.

Ao todo, foram realizados 1.199 testes rápidos somados os números obtidos em Porto Velho e Guajará-Mirim, com 241 conformados para Covid-19 na somatória dos testes.

Carama Medeiros, moradora do Cohab, destacou a importância da ação do Governo de realizar teste rápido. “Essa ação ajuda na prevenção e também a diminuir o número de óbitos. É muito importante, pois mesmo se prevenindo muitos se contaminam, imagine se não se prevenir né”, alertou.

A 8ª edição do Mapeia Rondônia contou com o apoio da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Defesa Civil, Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Rondônia (Cosems-RO), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Prefeitura Municipal de Porto Velho, Polícia Militar (corpo de voluntários), Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Superintendência de Gestão de Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), Casa Civil, dentre outras.

Fonte: Secom

Facebook Comments