DISCURSO FORTE DE CONFÚCIO ASSUSTA OPOSIÇÃO: “HERMÍNIO É LOUCO”

pamAs eleições começam a esquentar em Rondônia. Amanhã, dia 10 de junho, será dado o pontapé inicial nas eleições misturadas com futebol. Acostumados com a fala mansa do governador Confúcio Moura (PMDB), a oposição tomou um susto neste final de semana que passou. Foi em Rolim de Moura, no berço dos Cassol e terra política de Valdir Raupp.

O PMDB promoveu Encontro Regional em Rolim de Moura na sábado (07) nas dependências do Terapia Clube. A deputada Federal Marinha Raupp registrou que “há 20 anos nós começamos a escrever nossa historia no PMDB”; ela conclamou a militância ao projeto de reeleição do governador Confúcio Moura, defendeu a união dos pré-candidatos do PMDB, e que também é importante o empenho coletivo para obtenção dos resultados almejados: “não adianta eu, Marinha Raupp, imaginar que o meu projeto é maior do que os dos outros”.
A parlamentar concluiu reafirmando seu apoio a candidatura de reeleição do governador Confúcio: “A sua decisão governador de sair à reeleição nos deu a certeza que somos fortes, que estamos no caminho certo”.
O senador Valdir Raupp comunicou a militância que o PMDB vai lançar em torno de 19 candidatos a governador no país, e reeditar a chapa tendo Michel Temer como o candidato a vice-presidência da República, ao lado de Dilma.
Senador Raupp pediu empenho aos correligionários no projeto de reeleição de Confúcio Moura. “Nossa meta é eleger dez governadores e, é claro, que Rondônia esta nessa meta”, pontuou.
Senador destacou que o PMDB em Rondônia conta com 12 pré-candidatos a deputado federal, 33 candidatos a deputado estadual; que o PMDB em Rondônia numa eventual chapa “puro sangue” poderá eleger de cinco a seis deputados estaduais em outubro.
(dep. Zequinha Araújo reforçou discurso do senador dizendo que “o PMDB tem que preservar os nomes do partido. A coligação pode ter desde que seja benéfica para o partido”).
Governador Confúcio fez discurso de orientação aos candidatos para duas precauções fundamentais para os candidatos a Federal e Estadual: um bom advogado para eventuais fiscalizações da Justiça Eleitoral.
Confúcio fez discurso com menos ternura e mais enérgico em relação a seus adversários; ele disse que assumiu e teve de acomodar pessoas de outros partidos as quais desconhecia.

DISCURSO FIRME
O governador chamou o atual presidente da Assembleia Legislativa de “louco” e o ex-presidente de ‘presidiário’.
Confúcio apresentou relatório de benefícios que o governo da Cooperação levou a Rolim de Moura, e citou a implantação de 30 quilômetros de asfalto, construção de 750 habitações populares, construção de prédios do Corpo de Bombeiro Militar, da UNISP (Unidade Integrada de Polícias) e prédio do Hemeron. Anunciou pavimentação do Aeroporto de Rolim, mais agroindústrias e programa “Título Já”, de regulamentação fundiária urbana.

Facebook Comments