Sem ambiente: Dilma vetou aumento que foi concedido no ato a sua saída
 Sem ambiente: Dilma vetou aumento que foi concedido no ato a sua saída

Sem ambiente: Dilma vetou aumento que foi concedido no ato a sua saída

No meio da crise que culminaria com seu afastamento da Presidência da República, Dilma Rousseff recebeu o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) no Palácio do Planalto. A presidenta acreditava que Ricardo Lewandowski queria falar sobre a crise institucional e as saídas para o país. Mas não: o presidente do STF só tinha um assunto a tratar com a presidenta: o aumento dos juízes federais – no qual se beneficiaria e seus pares também.

Com o país em crise de caixa, Dilma vetaria o aumento. Este fato teria acirrado a animosidade entre a presidenta e os ministros. Ao deixar a Presidência, o STF conseguiu o aumento via Eduardo Cunha. Ele derrubou o veto presidencial.

Esta história debatida entre Renan e Sérgio Machado, ajuda a lançar luz sobre a Suprema Corte do país que tem minimizado os danos causados pelos grampos divulgados em que é citada. Lewandowski não está no Brasil.

Fonte: Conexão Jornalismo

Facebook Comments