Ivo Cassol nega propina
Ivo Cassol pode mudar o voto hoje
Ivo Cassol pode mudar o voto hoje

Durante sessão de julgamento do processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), ocorrida nesta terça-feira (30/08), o senador Ivo Cassol (PP-RO) disse que ela deveria ter denunciado os achaques feitos pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), assim como ele fez em Rondônia, quando gravou e divulgou para todo o Brasil, as imagens dos deputados estaduais pedindo propina.

 
Segundo Ivo Cassol, após a divulgação das filmagens feitas na sua residência oficial, os deputados rondonienses foram processados e condenados pela prática criminosa. “Até hoje, eu e minha família pagamos o preço por ter tomado essa atitude. Somos ameaçados de morte e vivemos constantemente com seguranças. Isso porque, a maioria daqueles parlamentares foi presa e outros estão foragidos”, explicou o senador dizendo que não se arrepende do que fez. 
 
Ivo Cassol aproveitou a tribuna para aconselhar aqueles que pretendem ingressar na política. “É preciso ter coragem, pulso firme e não ter receio de responder processo na Justiça. Digo isso porque existem ações judiciais contra mim, porém nenhuma por desvio ou roubo de dinheiro público, mas por enfrentamento e manifestações favoráveis em prol da população”, destacou. 
 
Continuação do julgamento
 
No último dia do julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff, os senadores votarão a favor ou contra o impeachment. A votação será aberta, nominal e eletrônica. Dilma perde o cargo se pelo menos dois terços dos 81 senadores votarem pelo impeachment. Em caso contrário, ela retornará ao cargo. A sessão será retomada às 11h desta quarta-feira (31).
 

 

Fonte : COMJUSTICA.COM   
Autor :
COMJUSTICA.COM

Facebook Comments