DER inicia recuperação do aterro de galeria que rompeu após forte chuva na RO-490, em Alto Alegre dos Parecis

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), criou uma força-tarefa para recuperar pontes de madeira e galerias de concreto que foram danificadas pela força da água da chuva no início dessa semana na região da Zona da Mata.

Na rodovia 490 (linha P-40), quilômetro 15, entre o município de Alto Alegre dos Parecis e o distrito de Flor da Serra, o aterro da galeria de concreto foi totalmente levado pela força da água pluvial, interditando a via.

Segundo o residente regional do DER, Eziquiel Cassol, mais de 300 caminhões caçambas com terra serão utilizados para recuperação. “Estamos trabalhando para recuperar e liberar o tráfego o mais breve possível, com o carregamento de material para aterrar e compactar com rolo pé de carneiro para firmar o aterro. A previsão da conclusão dos serviços é para próxima segunda-feira (26)”.

A galeria possui uma extensão de aproximadamente 15 metros de comprimento por seis metros de altura. O diretor-geral do DER, Elias Rezende, pontua que além dessa galeria outros locais foram afetados pelas chuvas torrenciais. “As últimas chuvas estão vindo fortes e causando estragos em nossas rodovias. Nesta semana a equipe da 4ª Usina de Asfalto recuperou um trecho da RO-383 que também foi comprometido pela força das águas pluviais. Em Parecis, a cabeceira da ponte do rio Ararinha na RO-495, também foi danificada e a equipe da 5ª Regional do DER, em parceria com a prefeitura estão trabalhando para recuperar e reestabelecer o tráfego. A determinação do governador, coronel Marcos Rocha e do vice-governador José Jodan é para que todas as rodovias estejam trafegáveis”, ponderou.

Conforme destacou o vice-governador José Jodan, a RO-490 é uma das principais rotas de turismo da região da Zona da Mata. “Ela é o acesso mais curto para os amantes da pesca a caminho do Porto Rolim do Guaporé. A via também é utilizada por grandes produtores rurais para o escoamento da produção agrícola, de gado leiteiro e de corte”, finalizou.

 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments