PORTO VELHO- Um coro de revolta se ouvia cada vez que o nome de um deputado ou deputada federal de Rondônia era citado ao microfone durante as manifestações em Porto Velho. Os trabalhadores que foram às ruas não se conformam com o apoio maciço da bancada à reforma trabalhista. Só um deputado votou contra, Expedito Netto (PSD).

Fonte: Blog da Luciana

bancada

Numa faixa o sentimento de desgosto dos trabalhadores : “Coveiros da CLT”.

Assim estão sendo chamados Mariana Carvalho, Marinha Raupp, Lindomar Garçom, Lúcio Mosquini, Luiz Cláudio e Nilton Capixaba.

“Quem votou a favor, não volta!”, dizia uma liderança sindical ao microfone.

Facebook Comments