Mais de 40kg de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar (PM), na quinta-feira (19) em um ponto de venda de drogas em Vilhena (RO) no Cone Sul do estado.

As investigações começaram depois que o Núcleo de Inteligência da PM recebeu denúncias anônimas sobre um jovem de 21 anos que trabalhava com “delivery de drogas”. Segundo apurado pelos agentes o jovem também é integrante de uma facção criminosa.

Na tarde de quinta, enquanto os policiais esperavam do lado de fora da “boca de fumo”, um homem saiu do estabelecimento para realizar uma entrega de maconha.

Ele foi seguido até que chegou em uma casa do bairro Jardim América, onde entregou entorpecentes para uma jovem de 18 anos.

Após a entrega, os policiais entraram no imóvel e acharam cerca de 490 gramas de maconha em uma gaveta. Ao ser questionada, a jovem confessou que pediu a droga pelo WhatsApp.

Depois do flagrante os agentes retornaram a “boca de fumo” e encontraram mais de 40kg de maconha no local.

O dono do estabelecimento assumiu que comprou 100kg de maconha do Paraguai e que já havia vendido mais da metade.

De acordo com o boletim de ocorrência, a casa onde funcionava o comércio de drogas é de uma mulher que está grávida e internada no Hospital Regional de Vilhena. Ela afirmou que não tinha conhecimento da venda de entorpecentes na casa dela.

Os envolvidos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil, onde responderão por tráfico de drogas e associação criminosa.

Fonte: G1

Facebook Comments