Marco Aurélio deixou sua marca no jogo deste domingo. Foto: Alexandre Almeida
Marco Aurélio deixou sua marca no jogo deste domingo. Foto: Alexandre Almeida
Marco Aurélio deixou sua marca no jogo deste domingo. Foto: Alexandre Almeida

O Rondoniense venceu, de virada, na noite deste domingo o Rio Branco por 3 a 1, no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, e entrou na briga por vaga na chave A3 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016. A partida foi válida pela quarta rodada da competição nacional.

O Rio Branco largou na frente com o meia Geovane. Mas o Rondoniense chegou a igualdade com Marco Aurélio e a virada com o meia Rob. Já no segundo tempo, novamente Rob deixou sua marca, garantindo a vitória do Periquito.

Com o resultado, o Rondoniense subiu para a terceira colocação com quatro pontos. Já o Rio Branco caiu para a lanterna da chave com três pontos.

Agora, o Rondoniense foca suas atenções para o segundo jogo da final do segundo turno do Estadual 2016 contra o Genus, que será realizado na quarta-feira, no estádio Aluízio Ferreira. Pela Série D, o Periquito volta a campo no domingo contra o Náutico-RR, na Vila Olímpica Roberto Marinho. Já o Rio Branco buscará sua reabilitação contra o São Raimundo-PA, no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém.

O Jogo – Apresentando um futebol envolvente, o Rio Branco entrou em campo em ritmo forte, buscando abrir o placar nos primeiros minutos. Já o Rondoniense, com muitos desfalques, tentava se organizar dentro das quatro linhas. E aos 9 minutos, o Estrelão conseguiu abrir o placar. Geovane cobra escanteio, mas a zaga afasta. Na volta, Geovane tenta levantar novamente na área, mas acaba acertando o ângulo do goleiro Dida.

Melhor na partida, o Rio Branco passou a explorar as jogadas ofensivas. Aos 15’, Araújo Jordão cobrou escanteio, Emerson Martins cabeceou, mas o goleiro Dida fez grande defesa, colocando para escanteio. Aos 28’, Radames recebe dentro da área e bate cruzado para fora.

Aos poucos, o Rondoniense foi se organizando em campo. E aos 31’, Edilsinho recebe livre na direita e cruza na área para o atacante Marco Aurélio que cabeceia e deixa tudo igual no Aluizão. Com o gol, o Periquito cresceu na partida. Aos 36’, Marco Aurélio faz jogada individual na entrada da área e bate no canto, mas o goleiro Cleverson faz grande defesa.

Aos 38’, o zagueiro Eric se atrapalha com a bola dentro da área, Alesson desarma o defensor do Estrelão e Rob chega a tempo para tocar para o fundo do gol, botando o Rondoniense em vantagem no placar.

Para a segunda etapa, o Rio Branco voltou a campo tentando imprimir um ritmo forte na linha ofensiva. Aos seis minutos, Emerson Martins cobrou falta, mas o goleiro Dida defendeu. Aos 10’, Júnior fez jogada pela direita e cruzou na medida para Geovane, que bateu de canela e perdeu um gol incrível.

Após as oportunidades criadas pelo Rio Branco, o Rondoniense passou a responder. Aos 15 minutos, Rob recebe dentro da área e bate no canto, mas o goleiro Cleverson realiza grande defesa. No minuto seguinte, Guarate levanta na área e Rob cabeceia cruzado, porém a bola passa por cima do travessão. Aos 18’, Lucas Santos faz jogada individual e Eric derruba o atleta na área, mas o árbitro Rodrigo da Fonseca Silva não assinalou a penalidade.

Após o lance, o Rio Branco tentava alçar bolas na área tentando aproveitar a estatura do atacante Adriano Louzada, mas o goleiro Dida, atento, foi bem nos lances. Aos 40’, Guarate bateu cruzado e Fernandinho completou para o gol, mas o árbitro assinalou novo impedimento.

Aos 45’, em rápido contra-ataque, Edilsinho recebeu no meio de campo e tocou para Rob, que desceu livre e bateu na saída do goleiro Cleverson para fazer o terceiro gol do Rondoniense.

Ficha Técnica
Rondoniense 3 x 1 Rio Branco
Local:
estádio Aluízio Ferreira (em Porto Velho);
Árbitro: Rodrigo da Fonseca Silva (MT);
Assistentes: Edilson Soares Falcão (RO) e Adenilson de Sousa Barros (RO); 4º árbitro:Jonathan Antero Silva (RO);
Gols: Geovane aos 9’, Marco Aurélio aos 31’ e Rob aos 38’ do 2º; Rob aos 45’ do 2º;
Cartões amarelos: Lucas Santos e Edilsinho (Rondoniense); Araújo Jordão, Cácio e Neném (Rio Branco);
Rondoniense
Dida; Guarate, Dhonathan (Quintino), Kauê e Ronald Recife; Mineiro, Lucas Santos, Edilsinho e Rob; Marco Aurélio (Fernandinho) e Alesson (Wilton). Técnico: Ionay da Luz.
Rio Branco
Cleverson; Natanael (Júnior), Joardeson, Eric e Olliver; Cácio, Neném, Geovani e Emerson Martins (Matheus); Araújo Jordão e Radames (Adriano Louzada). Técnico: Artur Oliveira.
Fonte: Futebol do Norte
Facebook Comments