Hildon Chaves e Cristiane Lopes vão se encontrar no sábado na SICTV
PORTO VELHO-A 10 dias do segundo turno, a campanha rumo à prefeitura de Porto Velho se acirra. A população de Porto Velho tem agora apenas dois candidatos para observar o comportamento e assim se decidir. O atual prefeito candidato à reeleição, Hildon Chaves (PSDB), saiu na frente vencendo o primeiro turno em primeiro lugar como apontavam as pesquisas. A surpresa foi a chegada de Cristiane Lopes (PP) no segundo turno, quando todas as pesquisas apontavam que o candidato seria Vinícius Miguel (Cidadania). Foi por obra do deputado federal Léo Moraes (Podemos), que, na reta final, declarou apoio e encampou a campanha de Cristiane Lopes, que estava internada se curando da Covid-19.
Como o segundo turno é outra eleição, com igualdade de tempo na TV para os dois candidatos, Cristiane Lopes deu um ritmo forte pra campanha dela, apostando no discurso pró-família e conservador, no intuito de assegurar os votos dos evangélicos e ressuscitar o bolsonarismo que parece estar se esvaindo, desaparecendo aos poucos devido à queda de popularidade de Jair Bolsonaro. É uma aposta arriscada, pois o ex-candidato Breno Mendes (Avante) não conseguiu atrair os votos de bolsonaristas, nem dos evangélicos, suficientes para ir para o segundo turno.

Pautas erradas

Cristiane Lopes resolveu intensificar com as pautas conservadoras como se posicionar contra ideologia de gênero, doutrinação (comunista) nas escolas, destruição dos valores da família e legalização das drogas. Pautas que nada tem a ver com a administração municipal. Pior. O concorrente dela, Hildon Chaves, não defende nada disso e, portanto, ela está fazendo apenas proselitismo político mirando o seu público alvo. Discurso ideológico com viés fundamentalista, o que não está na moda atualmente.
Pastores evangélicos estão usando o púlpito para fazer explicitamente campanha para Cristiane Lopes. Vários vídeos estão circulando pelas redes sociais onde pastores pedem votos para a candidata aduzindo que ela é uma escolhida por Deus para administrar Porto Velho. Esses vídeos obtiveram uma reação adversa nas redes sociais. Internautas repudiaram o uso da religião como instrumento de poder. “Concordo que ficou difícil decidir em qual dos dois lados votar, pois a administração de Hildon Chaves ficou muito aquém do esperado, por exemplo, a cidade continua com aquela rodoviária velha e as alagações das ruas permanecem. Do outro lado a vereadora Cristiane Lopes, que, segundo notícias correntes, já declarou que existem professores que doutrinam alunos para serem comunistas e no primeiro turno teve o apoio maciço de pastores. O que de mais grave considero numa pessoa e muito mais num político é a ignorância e principalmente quando a ignorância é utilizada como meio para eleger, e Cristiane Lopes, ao declarar que existem professores comunistas e com o agravante do vídeo abaixo, se eu pudesse, votaria dez vezes no Hildon Chaves, apenas para impedir a eleição de mais uma semianalfabeta e ignorante na política”, postou um internauta.

Debate

No próximo sábado haverá um debate promovido pela SICTV. Após bate boca pelas redes sociais, o debate acontecerá com os dois candidatos. Hildon Chaves havia divulgado vídeo alegando que fora vítima de uma “arapuca” armada pela assessoria da candidata Cristiane Lopes, que induziu a equipe ao erro, ao não participar da reunião pré-debate na SICTV. Ela, por seu turno, disse que a assessoria do prefeito comeu mosca a não participar da reunião. No final da tarde de ontem, quarta-feira, Cristiane Lopes gravou vídeo informando que autorizou a participação de Hildon Chaves no debate.
Fonte: Mais RO
Facebook Comments