Sandra vê a filha pela primeira vez no Dia das Mães — Foto: Divulgação /Ascom MDER

Seis meses depois de se recuperar da Covid-19 e só poder encontrar a filha após 18 dias do parto, a lavradora Sandra Maria, 40 anos, perdeu a pequena Maria Julia para a Covid-19. A morte aconteceu no dia 3 de novembro de 2020. A bebê estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A criança é natural da cidade de Palmeirais, Norte do Piauí. As informações são do G1

Segundo Sandra, a criança apresentou os sintomas três dias antes de falecer, com muita febre e dificuldades para respirar.

“Na sexta-feira ela começou a passar mal, com febre e respiração baixa, quando foi no domingo tivemos que levar ela para o hospital aqui de Palmeirais. Fizeram o teste nela e deu positivo para coronavírus, em mim deu negativo. Quando souberam da gravidade, ela foi transferida para o hospital em Teresina, onde ficou na UTI”, disse.
A morte aconteceu no dia 3 de novembro de 2020, após ficar um dia internada na UTI do Hospital Infantil Lucídio Portela. Júlia já estava com seis meses.

De acordo com a declaração de óbito obtida pelo G1, a morte da criança foi causada por Síndrome Respiratória Aguda e Infecção por Covid-19.

Segundo Maria do Socorro, líder comunitária da região e que acompanhou o caso da família, a perda da criança por Covid-19 continua sendo uma luta diária para a mãe, que conseguiu se recuperar da doença, mas que infelizmente perdeu a filha para o coronavírus.

Em todo o país, já são mais de 200 mil mortos pela doença. No Piauí, mais de 2,8 mil pessoas morreram vítimas do vírus.

“Percebemos que ela ainda não conseguiu superar a perda da filha, alguns problemas que ela tinha antes da Covid já estão voltando, toda vez que ela fala ela se emociona”, lamentou.

Facebook Comments