Criação de Conselho Municipal de Políticas Públicas voltado ao combate às drogas é discutido em Vilhena

Nesta segunda-feira (19) o Governo de Rondônia, por meio da Casa Civil, promoveu em Vilhena, reuniões com representantes de órgãos do Poder Executivo, Judiciário e da Segurança Pública para tratar sobre a criação de um Conselho Municipal, voltado para atender às políticas públicas no combate às drogas.

O coordenador Geral de Políticas Públicas, tenente David Inácio dos Santos, que também é o presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas (Conepod) realizou o alinhamento para criação do conselho com urgência, solicitando ao Poder Executivo o apoio com as pastas de assistência social, esporte, lazer, saúde e finanças.

Por videoconferência, o coordenador também conversou com a Promotora de Justiça, Dr. Yara Travalon e com a Juíza da 2ª Vara da Infância e Juventude, Dr. Kelma Vilela de Oliveira e pôde realizar um breve alinhamento dos resultados positivos e negativos, destacando o principal anseio do município que é direcionar as atenções para ações de prevenção às drogas.

Com a criação do Conselho, o presidente conta o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e o Jovens Construindo a Cidadania (JCC) serão executados novamente em escolas estaduais. Na oportunidade, já conhecendo a realidade de Vilhena, a Promotora abordou a situação de evasão dos estudantes, principalmente após a pandemia. “Temos um índice alto de evasão escolar de adolescentes entre 12 e 14 anos. Estes possuem maior tendência a se relacionar com o tráfico. Muitos retornam para o Ensino Médio, enquadrados no Centro Estadual de Jovens e Adultos (CEEJA), já no intuito de comercializar entorpecentes”.

David defendeu que o Estado conta com recursos federais garantidos para colocar em prática o quanto antes as ações de prevenção, tanto na comunidade, quanto nas escolas. “O governador, coronel Marcos Rocha nos atribuiu essa responsabilidade e deseja que tudo esteja pronto no retorno das aulas presenciais, visando que Rondônia cresça com a política antidrogas”, disse.

O secretário executivo regional de Vilhena, Nilton Gomes, reforça que é necessário que estes órgãos estaduais trabalhem alinhados, diminuindo o índice de tráfico de drogas entre os adolescentes, realizando um trabalho de prevenção, tratamento e recuperação. “Necessitamos com urgência dar início aos programas de prevenção. A maioria dos crimes tem as drogas como principal fonte causadora e isso envolve também o álcool. Se ficarmos de braços cruzados, logo mais seremos vítimas de assaltos cometidos por esses jovens” explicou, lembrando também que o secretário-chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves não tem medido esforços para desenvolver as políticas públicas no Estado.

A equipe do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, acompanhada pelo secretário regional, também estiveram reunidos com a Coordenadoria Regional de Educação (CRE), diretores das escolas estaduais, Delegado da Polícia Civil, Dr Fábio Campos e o Major Araujo da Polícia Militar. A ação foi finalizada visitando e firmando apoio com a Comunidade terapêutica e Associação Trindade Santa.

 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments