A Associação Rondoniense de Municípios (AROM), representada pelo presidente Célio Lang, se reuniu por videoconferência, na manhã desta terça-feira (13), com representantes do grupo Mulheres do Brasil, da Energisa Rondônia e das cooperativas de crédito Credip e Credsul, para debater a adesão dos municípios rondonienses ao “Movimento Unidos pela Vacina”.

O movimento foi iniciado pela empresária Luiza Helena Trajano, proprietária do Magazine Luiza, e também pelo Grupo Mulheres do Brasil, com o objetivo de vacinar toda a população brasileira contra covid-19 até setembro deste ano. Para isso, o movimento trabalha alinhado ao Governo Federal, aos estados e municípios do país.

 Por meio da AROM, o movimento enviou um questionário para cada prefeito buscando informações sobre as dificuldades que cada cidade enfrenta no combate à pandemia de covid-19.

 Durante o encontro, André Theobald, diretor-presidente da Energisa, destacou que a empresa conheceu a iniciativa e está determinada a auxiliar o Estado. Como estratégia, ele citou que a concessionária de energia possui postos de atendimento em todos os municípios de Rondônia e é possível, caso haja necessidade, adaptá-los para postos de vacinação. André Theobald ainda informou que a ajuda do movimento já foi levada com êxito para os municípios de Cacoal e Pimenta Bueno.

A professora e jornalista Edna Okabayashi, representante do grupo Mulheres do Brasil, esclareceu que, atualmente, 25 dos 52 municípios estão participando do programa. “É um movimento muito bom porque ele conecta os empresários, que querem fazer algo por esta situação complicada, com os prefeitos e entidades que estão precisando de auxílio também”, disse.

 Ela acrescentou que o diálogo entre a classe empresarial e a sociedade civil organizada é de extrema importância. “Continuamos o diálogo com a classe empresarial para sensibilizar o segmento sobre a importância da participação da sociedade civil organizada no processo de vacinação de todos os rondonienses. Os idealizadores do Unidos Pela Vacina acreditam que essa responsabilidade é de todos os brasileiros”, enfatizou.

 Também participaram da reunião o  presidente do Conselho de Administração da Sicoob Credip, Oberdan Pandolfi Ernita, e presidente do Conselho de Administração da Sicoob Credip, Ademir Stimer, da Credisul, que destacaram a importância do movimento em prol de toda a sociedade, principalmente para o fortalecimento das ações para imunizar a população de um modo geral.

 O presidente da AROM, prefeito Célio Lang, finalizou a reunião se comprometendo a enviar comunicado, por meio da Associação, para auxiliar e mobilizar todos os municípios para se unirem ao movimento. “Nós enviaremos ofício a todos os prefeitos para que entrem nesse movimento de grande importância. Como prefeito, sei que estamos com dificuldades em relação aos recursos disponíveis e esse movimento nos dá forças para continuar e é de grande ajuda a toda população nesse momento delicado”, finalizou.

O Movimento Unidos Pela Vacina

 O Movimento Unidos Pela Vacina é uma iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil para tornar viável a vacinação de todos os brasileiros até setembro de 2021. Com participação de vários setores, ele atua em rede para articular medidas e ações que acelerem nacionalmente o processo de imunização.

 De forma apartidária, o movimento reúne empresários interessados em ajudar na vacinação contra covid-19 e os municípios que precisam de auxílio para acelerar o processo e adquirir as doses dos imunizantes, visando gerar engajamento com foco na solução, além de olhar para que possa ser feito no futuro e não reclamar nem procurar culpados.

Fonte: Arom

Facebook Comments