Judeus ortodoxos e outros líderes religiosos estão fulos com o governador de Nova York, Andrew Cuomo, em razão das novas medidas restritivas em razão da pandemia da Covid-19.

As medidas alcançam escolas, negócios e locais de culto.

Ontem à noite, houve protestos no Brooklyn e pelo menos uma pessoa ficou ferida durante os conflitos.

Centenas de judeus, a maioria sem máscaras, reuniram-se após a meia-noite para uma manifestação que terminou em violência.

Fonte: O Antagonista

Facebook Comments