O corpo de uma mulher foi encontrado, decapitado, com partes inferiores do corpo dentro de um saco plástico, com as mãos amarradas para trás, na noite deste domingo (12) em um rio, conhecido como Igarapé do Inferno, próximo a um Abatedouro de Animais, na rodovia RO-473 que liga Alvorada do Oeste e Urupá (RO).

O corpo foi visto por frequentadores da região, pescadores que estavam na beira do rio, à 300 metros rio abaixo da rodovia RO-473, sentido Urupá, onde acabaram avistando um embrulho boiando, quando chegaram perto, viu que se tratava de um corpo de uma mulher e acionaram a polícia.

O cadáver da mulher foi retirado pela Polícia Militar e Civil de Alvorada do Oeste, com ajuda da Perícia Técnico-Cientifica, que tiveram que usar um barco para chegar ao local, e constataram que o corpo da mulher tinha, aparentemente, entre 20 a 40 anos de idade.

A mulher foi encontrada sem a cabeça, com as duas mãos amarradas para trás por fiação, com as partes inferiores do corpo dentro de um saco plástico, e apresentava perfurações pelo corpo, feitas por um objeto cortante.

De acordo com informações preliminares, a vítima estava morta há pelos menos 2 a 3 dias já em estado avançado de decomposição, e por o corpo estar sem a cabeça e sem documentos pessoais, a polícia registrou Boletim de Ocorrência (B.O) como decapitação.

A identidade da mulher ainda não é conhecida, mas o corpo estava vestido com uma blusa de cor preta. O caso foi encaminhado pela Perícia Técnico-Cientifica à Polícia Civil de Alvorada do Oeste para mais investigações e esclarecimentos sobre o caso e, saber por quais motivos a mulher teria sido morta.

Fonte: Jornal Correio do Vale

Facebook Comments