Corpo de criminoso morto em Varginha foi levado para Rondônia em jato fretado; custo chega a R$ 80 mil

Gerônimo da Silva Sousa Filho, 28 anos, será transportado de Confins para Porto Velho em um Learjet

Morto durante troca de tiros com a polícia em Varginha, no Sul de Minas, o corpo de Gerônimo da Silva Sousa Filho, 28 anos, foi levado de Belo Horizonte para Porto Velho, em Rondônia, em um jato fretado com o custo bancado por pessoas ligadas ao criminoso. A informação foi apurada pelo repórter Renato Rios Neto, da Itatiaia, com fontes das forças de segurança de Minas Gerais.

A reportagem da Itatiaia consultou uma empresa que faz traslado aéreo. O valor para levar um corpo da capital mineira até Porto Velho fica entre R$ 55 e R$ 80 mil, dependendo da urgência, do modelo da aeronave e outros detalhes do serviço.

O corpo de Gerônimo foi levado para Porto Velho em um jatinho Learjet ontem, terça-feira.

Gerônimo é um dos 26 suspeitos de integrar uma quadrilha do ‘novo cangaço’ mortos durante uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar (PM) realizada no último domingo (31) em dois sítios localizados na zona rural de Varginha. Conforme a polícia, o grupo se preparava para atacar o centro de distribuição do Banco do Brasil da cidade.

 

Fonte:RadioItatiaia

Facebook Comments