Corinthians é dominado em casa, perde para o RB Bragantino e se afasta do G6

Foto: André Pera / Estadão Conteúdo

O Red Bull Bragantino foi soberano na Neo Química Arena na noite desta segunda-feira, contra o Corinthians, e venceu por 2 a 0 no fechamento da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Timão teve uma atuação que lembrou o jogo feito contra o Palmeiras, quando foi goleado. Dessa vez, Cássio pelo menos evitou um novo vexame.

Por outro lado, o Maça Bruta chegou ao quinto jogo de invencibilidade com a terceira vitória seguida.

Classificação
O resultado jogou o Alvinegro para o 10º lugar, com 45 pontos, seis atrás do G6. O time do interior de São Paulo vem logo atrás, com um ponto a menos.

Resumo
Não demorou para os visitantes se imporem em Itaquera. Com 1min50s, Helinho teve muita liberdade e mandou, da entrada da área, para as redes, no cantinho. Tudo começou com um erro de Fábio Santos na saída de bola.

O Corinthians tentava igualar o jogo, mas só na base da vontade. O RBB, melhor posicionado, tocava fácil, controlava e ganhava as segundas bolas.

Nessa tocada, Claudinho fez 2 a 0 depois de uma bela trama de passes.

Na etapa final, Vagner Mancini optou por não mexer no sistema. Alterou apenas as características de algumas peças. Conclusão, a situação corintiana não mudou em nada.

O Timão, na verdade, se livrou de levar uma goleada.

E agora?
Na próxima rodada, o Corinthians vai pegar o Bahia, fora de casa, às 19 horas, na quinta-feira. O RBB vai visitar o Internacional, também às 19h15, mas no domingo.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 0 X 2 RB BRAGANTINO

Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 25 de janeiro de 2021, segunda-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (SP)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Michael Correia (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Léo Natel, Ramiro, Otero, Gabriel Pereira, Everaldo (COR); Helinho, Aderlan, Léo Ortiz, Cuello (RBB)

GOLS:
RB Bragantino: Helinho, aos 2, e Claudinho, aos 41 minutos do 1T.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Gil, Bruno Méndez e Fábio Santos; Gabriel, Ramiro, Gustavo Mosquito (Léo Natel), Cazares (Luan) e Mateus Vital (Otero); Jô (Everaldo)

Técnico: Vagner Mancini

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Raul; Artur (Leandrinho), Ricardo Ryller (Erick), Claudinho (Bruno Tubarão) e Helinho (Cuello); Ytalo (Hurtado)
Técnico: Maurício Barbieri

Fonte: Gazeta Esportiva

Facebook Comments