Entendendo que a nação espera, ansiosamente, por respostas concretas do parlamento quanto ao enfrentamento dos problemas trazidos pela pandemia, ocasionada pelo COVID-19, o senador Confúcio Moura (MDB/RO) encaminhou na quarta-feira (25), ao presidente do Senado Federal, David Alcolumbre (DEM/RR), um ofício relacionando propostas que possam contribuir no combate ao avanço da doença, como também, medidas para evitar maiores prejuízos econômicos e sociais que impactem o país ao fim do surto.

Entre as medidas relacionadas por Confúcio Moura, está a conversão do saldo da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores em recursos de destinação integral e específica à causa. Conforme o senador, a verba não tem sido utilizada em sua totalidade, já que muitos abriram mão de alguns benefícios, a exemplo dele, que no início do mandato renunciou do auxílio moradia, cota de telefonia fixa residencial, imóvel funcional, pagamento da ajuda de custo e veículo oficial.

Outra medida que deve ser levada em consideração, destacada pelo parlamentar, é a que será alcançada com a diminuição dos gastos básicos administrativos do Senado (energia, água, combustíveis, telefone, materiais de higiene, consumo, expediente, e outros), durante o período em que os senadores estão atuando remotamente (via teletrabalho).

“Penso que, pelo menos neste momento de crise, ao invés de devolvermos os valores não utilizados ao Tesouro, que pode ser reaplicado de maneira aleatória, seria esta uma alternativa oportuna”, complementa Confúcio Moura.

No entendimento do senador, a iniciativa impactará positivamente, podendo inspirar outras grandes ações por parte do Executivo e de outros órgãos, atraindo uma corrente de bons exemplos e solidariedade no país.

Fonte: Assessoria

 

Facebook Comments