O governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), arrancou risos e aplausos de uma plateia que acompanhava a coletiva de imprensa do Fórum dos Governadores do Brasil Central de 2017, realizada na sexta-feira (07), no Cenarium Rural, em Cuiabá.

LEIA TAMBÉM: REFORMA DA PREVIDÊNCIA: CONFÚCIO CRITICA PRIVILÉGIOS DE MILITARES E EXCESSO DE DEPENDENTES

Ao defender a reforma da Previdência, ele disse: “Temos servidores públicos que ficam amarrados na Previdência por 120 anos. Ele envelhece e casa de novo. Deixa uma porrada de filho para trás, pensão, mulher e casa com outra. Quando estiver na UTI, morrendo, casa com a enfermeira. E o camarada fica na boca da Previdência 120 anos. Quero saber qual País aguenta isso?”, disse, arrancando risos até do governador Pedro Taques (PSDB).

Ele também afirmou que sempre votou a favor da reforma da Previdência e nem por isso perdeu eleição. Disse que o “povão” não tem conhecimento do assunto.

“O povo, o povão, não tem conhecimento disso. O meu eleitor nunca me puniu por isso. E a reforma, saindo ou não, 65% a 70% dos deputados vão ser derrotados na próxima eleição, seja votando a favor ou contra”, afirmou.

Facebook Comments