Conetur vai atuar no fortalecimento do Turismo doméstico da capital

ee68a9df1200997b07be8fb0bbdb9f29_LO Conselho Empresarial do Turismo do Estado de Rondônia (Conetur) realizou na manhã desta terça-feira (08), em Porto Velho, um “City Tour” pela cidade de Porto Velho. A atividade teve como objetivo mostrar às autoridades, empresários e imprensa um pouco do potencial turístico da capital e que poderão ser transformados em produto vendável.

Representantes de agências de turismo, hotéis, restaurantes, Fecomércio-RO, Sebrae, Prefeitura, empresários de vários segmentos ligados ao turismo, Governo do Estado e imprensa participaram de um tour em vários pontos históricos de Porto Velho e conheceram um pouco da história de cada prédio, praça, e mercados visitados com a participação do historiador Anisio Gorayeb. Os “turistas” se divertiram com os causos históricos contados pelo historiador.

A concentração foi no Mercado Cultural, onde todos participaram de um café da manhã feito somente com produtos regionais e ainda assistiram a uma rápida apresentação de danças folclóricas (boi-bumbá, quadrilha e samba). Logo depois todos saíram em veículos para as visitações dos pontos históricos como o Teatro estadual, a ponte sobre o rio Madeira, Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, e Memorial Marechal Rondon.

O presidente do Conetur, Raniery Coelho, ressaltou que, primeiramente a preocupação será com o turismo doméstico. “Precisamos primeiro conhecer nossa história e gradualmente alcançarmos todo o Estado. Temos uma cidade com um potencial turístico imenso, seja ele histórico, religioso ou ecológico. Vamos primeiro valorizar o que é nosso”, comentou.

O secretário estadual de turismo, Júlio Olivar fez uma avaliação positiva da primeira atividade do Conetur em Porto Velho. Ele ressaltou, por exemplo, que muitas pessoas que moram na capital sequer conhecem esses pontos turísticos da cidade onde moram. “O turismo doméstico é um projeto viável para o Estado e vamos trabalhar para que o projeto atinja seus objetivos”, disse.

Para o consultor do Sebrae, Cléris Kussler, o momento para o desenvolvimento do turismo doméstico é ideal. Segundo ele, o alto preço das passagens e dólar em alta torna mais viável que o turista conheça o próprio Estado a preços bem mais em conta. No entanto, os municípios têm de trabalhar a estrutura de seus pontos turísticos e as agências de viagem divulgar mais os pacotes turísticos desses locais.

Fonte: assessoria

 

Facebook Comments