Ivo Cassol se despede do Senado

Para uma plateia vazia no plenário do Senado Federal, o senador Ivo Cassol (PP-RO) fez uma retrospectiva de sua trajetória como homem público e denunciou ser vítima de perseguição política.

Condenado a quase cinco anos por fraudes em licitações, Cassol relatou que tentou o apoio de muitas instituições para combater as irregularidades em seu estado, mas sem sucesso. O senador ressaltou que queria até a intervenção em Rondônia, o que também não conseguiu. Acrescentou que gravou várias situações de corrupção e fez até uma denúncia em uma reportagem para o programa Fantástico, da TV Globo. Por conta disso, segundo ele, muitas pessoas o perseguem.

O discurso de Cassol soou como despedida. Ele está prestes a ser preso e deverá cumprir pena na Papuda.

Petrobras

No mesmo pronunciamento, Cassol pediu “uma limpa” na Petrobras. Ele lamentou as denúncias envolvendo a empresa e disse que o caso ainda vai chegar ao Congresso Nacional. Para o senador, a presidente Dilma Rousseff é uma “guerreira” por tentar resolver os problemas da Petrobras, mas vem enfrentando as resistências do “sistema”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Facebook Comments