vem2

Várias comunidades com o título sugestivo e assustador de “vem pra rua” estão sendo criadas nas redes sociais, em especial no Facebook. Umas começando como esta da foto com 128 membros, outras já “crescidinhas” com mais de 10 mil seguidores. Uma destas comunidades diz que o grupo se destina a  “publicação, divulgação, movimentação, organização e difusão de ideias e ideais que levem a revolução e transformação da sociedade brasileira. De uma forma criativa, pacífica e que gere mudanças efetivas e positivas. Além de ser um canal aberto para denúncia de corrupção, abuso de poder, escândalos políticos e de interesse público”. O administrador da comunidade avisa, porém, que “não publiquem xingamentos ou palavras torpes. Mantenhamos o nível da boa democracia. Sejamos educados”. Pedem ainda que não se divulgue ações de partidos políticos ou “manipulação partidária”. Também é solicitado que não se publique inverdades. “Antes de compartilhar verifique a veracidade do post”, orientam. “Quem protesta, protesta de cara limpa, com sua identidade a mostra”, finalizam.

Autoridades temem que estes movimentos reeditem as manifestações de junho do ano passado que mobilizaram milhões de pessoas em todo o Brasil e até exterior. Da luta pelo não aumento das passagens de ônibus (20 centavos) as manifestações tomaram proporções que assustaram até o Palácio do Planalto.

O temor é que estas novas manifestações atinjam a realização da Copa do Mundo, que começa justamente em junho próximo.

Fonte: +RO

Autor: Roberto Kuppê

Facebook Comments