Como se proteger das novas fraudes nas redes sociais

0
63

Conseguimos nos divertir através do celular utilizando os aplicativos de mensagem, de jogos como caça níquel online e também as redes sociais. Elas são nossas companheiras diárias e queremos aproveitar ao máximo sem termos que nos preocupar mas, infelizmente, é preciso ter cuidado ao utilizá-las já que os golpes feitos através delas crescem a cada dia.

Golpes mais utilizados pelos estelionatários

Alguns golpes já são conhecidos de muitos, enquanto outros são novos já que os delinquentes parecem buscar a cada dia mais meios de defraudar os usuários.

Um golpe que está crescendo bastante é o golpe de vendas de itens nas redes sociais. Os bandidos roubam a conta das redes sociais do usuário e começam a postar itens para serem vendidos por um preço muito abaixo do mercado com a justificativa de mudança ou compra de itens novos.

Os amigos da vítima pagam pelos itens exatamente por acharem que se trata de uma compra com uma pessoa confiável. Normalmente os bandidos pedem para que os usuários façam um PIX para uma conta de um laranja.

Outro golpe que vem circulando bastante é o golpe do Whatsapp. Os bandidos roubam a lista de contatos dos usuários e se passam por ele, utilizando a mesma foto do perfil da vítima. Eles então pedem dinheiro para parentes e amigos.

Para não cair nesses golpes, o aconselhável é que o valor só seja depositado após a conversa por telefone com a pessoa que está pedindo o dinheiro. Caso ela diga que não está disponível no momento, não faça a transação. Tente também ligar para o número antigo da pessoa, pois muitas vezes esse número está funcionando normalmente.

Outros golpes são mais sérios e também estão na lista inclusive das embaixadas brasileiras em vários países, eles são chamados os Golpes do Amor.

Alguns países da África como Marrocos, Egito, Nigéria e de outros continentes como a Turquia, Síria, Paquistão, estão em uma lista de alerta. Os jovens desses países entram em contato com mulheres que tenham um perfil vulnerável para fingir uma relação amorosa e, pedem dinheiro ou até mesmo que elas os recebam no Brasil.

O intuito dessas pessoas é vir morar no país para fugir da pobreza dos países onde vivem e conseguir um passaporte brasileiro para entrarem na Europa ou Estados Unidos.

As redes sociais são ferramentas de comunicação mas devem ser usadas sempre com precaução, prestando atenção aos sinais e também recuando caso tenha uma mínima dúvida da veracidade de algo.