A empresa vencedora da última licitação do transporte coletivo tem um novo prazo para entrar em operação em Porto Velho: 17 de outubro.

Durante uma entrevista coletiva na prefeitura da capital, o secretário Nilton Kisner disse que após a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de suspender as decisões da Justiça estadual de Rondônia, que impediam o início da atuação da empresa de transportes, um novo prazo foi dado para que para que parte dos 130 ônibus comecem a rodar em Porto Velho.

“Temos agora um novo cronograma para que essa empresa, a JTP, o novo sistema de transporte em Porto Velho, com o prazo de 17 de outubro”, diz.

Com a nova empresa e uma melhor estrutura nos veículos, a tarifa do transporte coletivo também vai mudar.

“Na licitação a previsão era entre R$ 3,80 e R$ 4,10. A empresa que venceu a licitação apresentou a tarifa de R$ 4,05, porém com uma capacidade de prestação de serviço melhor na questão da idade da frota, wi-fi, todos os ônibus com acessibilidade”, afirma

Facebook Comments