Coluna Zona Franca

Unimed também

Não é só a Prevent Senior que deve ser investigada e punida por fornecer o kit da morte para seus clientes. A Unimed também. Em uma busca no site da Unimed de Brusque (sede da Havan), em Santa Catarina, é possível constatar que a empresa se gaba de ter sido “pioneira no tratamento precoce da Covid-19”. Em um trecho de uma publicação na página, é possível ler o seguinte texto: “Nosso protocolo envolve, para os pacientes a serem tratados com hidroxicloroquina, a documentação com um ECG de base, para que posteriormente se faça acompanhamento com um novo eletrocardiograma para excluir efeitos da medicação”.

Povo nas ruas neste sábado

Brasileiros conscientes voltam às ruas neste sábado, 2, em todo o País, para protestar contra o governo Bolsonaro. Em Porto Velho, manifestantes vão se reunir na Praça das Caixa D’Água, no centro da cidade, a partir das 15 horas. Em Brasília, também a partir das 15 horas, o evento ocorrerá na frente do Museu da República. Veja aqui onde haverá manifestações em todo o Brasil.

CPI da Covid

A CPI da Covid, que se encerra até o final deste mês de outubro, vai enterrar de vez o governo Bolsonaro e quem o cerca. As descobertas são impressionantes. O kit Covid foi distribuído em todo o País pelo Ministério da Saúde, inclusive em Rondônia. A maioria das mortes por covid no Hospital da Prevent Senior ocorreu por ministração do kit covid. Em Porto Velho, o próprio secretário da Saúde, Fernando Máximo (foto), distribuiu o mortal kit Covid: “Além da designação do ECG, para os casos de confirmação da infecção, foram distribuídos kits com os medicamentos Hidroxicloroquina e Azitromicina, indicados pelo Ministério da Saúde (MS) para o tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19”. A informação foi publicada no site do próprio governo de Rondônia. Veja aqui. 

ALE inerte

Apesar de tantas informações obtidas pela CPI da Covid, as assembleias legislativas dos estados (inclusive de Rondônia) estão inertes, com exceção de São Paulo, onde foi instalada uma CPI da Prevent Senior. Em Rondônia está tudo dominado. O estado continua sendo a maioria bolsonarista.

Não é fake

Vão dizer que esta foto é fake. Não é. Se partiu de Luciano Hang, tem que ser verdade. Afinal, bolsonaristas endeusam este empresário que mandou fraudar a certidão de óbito da própria mãe. Na verdade, Bolsonaro e empresários que o defendem e o seguem, estão fazendo campanha para Lula. Porque tudo que fazem rende votos para Lula. O governo à deriva. 600 mil mortes por Covid. Devastação da Amazônia. Inflação galopante. Corrupção a olhos vistos. Tudo isso é favorável ao pré-candidato petista.

Eleições 2022

Estamos a um ano das Eleições 2022, que ocorrem no dia 2 de outubro. No Brasil, para a presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva, lidera com folga. Se nada ocorrer com ele, será o próximo presidente. Em Rondônia, o cenário é de incertezas e muitas expectativas. Não há favoritos.

Confúcio Moura de volta?

O senador licenciado Confúcio Moura (MDB), está mais para candidato ao governo de Rondônia do que nunca. Nas redes sociais, ele disfarça: “Tirei licença do Senado por alguns meses. Tinha este compromisso e precisava cumprir. Além disto, há mais de dezesseis anos sem férias. Fui comprando livros e não lendo. Puxei a pandemia trabalhando duro. Presidi a Comissão da COVID-19. Foi uma experiência incrível. Única Comissão que funcionou neste período. Posso até escrever livro sobre o assunto, tão vastas foram as consequências da doença. Não preciso falar aqui. Quero ler. Quero escrever meus artigos. Livro, não. Preciso visitar amigos e conhecidos. Ver os municípios. Conversar em roda. Bater papo. Puxar ideias para me ajudar no parlamento. Sorrir muito. É preciso de uma pausa para recarregar as ideias. Puxar do povo sua sabedoria para que se possa fazer leis simples. Cumpríveis. Há um imenso desafio pela frente (friso da coluna). Vamos ter que reaprender, reaprender para ensinar. Tenho muito que fazer. No aparente ócio quero me encher de novos conteúdos, porque o tempo é abusado, o tempo é prepotente”. Hummmm.

Os concorrentes

Devem concorrer ao governo de Rondônia, além de Confúcio Moura (MDB) e o atual governador, Marcos Rocha (PSL): Hildon Chaves (PSDB), Ivo Cassol (PP), Anselmo de Jesus (PT) e Jesualdo Pires (PSB). 

É federal!

O jornalista Roberto Kuppê prepara volta para o estado de Rondônia, como pré-candidato a deputado federal pelo PT. “Este é o momento certo”. RK é nascido em Guajará-Mirim. A opção pelo PT ocorreu após a condenação e prisão injustas de Lula, que hoje lidera todas as pesquisas. RK que é conhecido pelo trabalho social, é presidente do Instituto Rondon, que deve reiniciar os trabalhos em breve.

Lula em Brasília

Lula desembarcará em Brasília na segunda-feira (4/10). No mesmo dia, terá reunião com a bancada do PT no Congresso. O petista deve ficar na cidade ao menos até quinta-feira (7/10).

Por equipe do Mais Rondônia

 

 

 

Facebook Comments