Coluna Zona Franca

Medo da cadeia

O ainda presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido) sabe que, a partir do momento em que deixar o Palácio do Planalto vai direto para a cadeia. Por isso ele tentará de tudo (de tudo mesmo!), para se manter no poder. A quantidade de crimes por ele cometido  antes e durante a presidência seria o suficiente para afasta-lo e coloca-lo entre as grades. Os filhos deles, idem.

Medo da cadeia 2

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas e textoAs recentes revelações que envolvem diretamente Bolsonaro não deixam dúvidas de que estamos diante de um criminoso compulsivo. Das rachadinhas às suspeitas sobre o assassinado da vereadora Marielle Franco, há desconfianças também acercada facada ocorrida às vésperas do 7 de setembro de 2018. O esquema das vacinas poderá ser determinante para o afastamento de Bolsonaro. Pelo STF. Porque se depender de Arthur Lira (Republicanos-AL), Bolsonaro se eterniza no poder.

Medo da cadeia 3

Gravações inéditas apontam o envolvimento direto do presidente da República, Jair Bolsonaro, no esquema ilegal de entrega de salários de assessores na época em que ele exerceu seguidos mandatos de deputado federal (entre os anos de 1991 e 2018). Os áudios podem ser ouvidos no vídeo que aparece nesta reportagem. Em três reportagens publicadas hoje na coluna da jornalista Juliana Dal Piva, o UOL mostra gravações que revelam o que era dito no círculo íntimo e familiar do presidente. As declarações indicam que Jair Bolsonaro participava diretamente da rachadinha: nome popular para uma prática que configura o crime de peculato (mau uso de dinheiro público).

ImagemNo Twitter

“Por isso Bolsonaro não aceitou por 50 vezes a vacina da Pfizer…só aceitava comprar vacina se tivesse propina. O resultado é esse, mais de 520 mil mortos”, do Felipe do PT.

No Twitter 2

Segundo fontes, Bolsonaro no Twitter (escrito por Carluxo) está se referindo a um ministro do STF…que seria gay…pega fogo, cabaré!

No Twtter 3

Segundo nos informa Carluxo, o ministro Barroso seria controlado pelo “Daniel” (José Dirceu) mediante chantagem. Todas as suas decisões são tomadas para favorecer o petê. Essa história foi produzida a 8 patas. Certamente tem o casco do Olavão aí.

No Twitter 4

Já no desespero, Jair Bolsonaro, o presidente da República, desceu à caixa de esgotos do Palácio da Alvorada em companhia do filho Carluxo e está enviado seus dejetos para o Supremo Tribunal Federal.

Rocha não cumpriu

Pode ser uma imagem de 1 pessoaSegundo apuração do G, o governador de Rondônia, Marcos Rocha (sem partido), não cumpriu ainda, oito das 13 promessas de campanha. Dentre elas, o de implantar universidade aberta nos 52 municípios do estado. Não cumpriu também a promessa de criar o Plano Estadual da Habitação. Mas, as mais importantes promessas de campanha ele também não cumpriu: concluir os hospitais de Ariquemes e Guajará-Mirim. Ele prometeu de pés juntos que ia terminar a construção do Hospital Regional de Ariquemes e do Hospital Regional de Guajará-Mirim. Marcos Rocha também prometeu e não cumpriu a promessa de fazer novas unidades intermediárias de saúde no estado, mesmo pequenas, com objetivo de desafogar o número de pacientes no Hospital João Paulo II, em Porto Velho. O G1 apurou que Marcos Rocha não cumpriu também a promessa de criar uma comissão especializada para combater crimes no estado. Ele prometeu em campanha implantar uma comissão especializada em combate à corrupção, lavagem de dinheiro e crime organizado.

Eleições 2022

Pesquisa CNT/MDA: Lula: 41,3%, Bolsonaro: 26,6%, Ciro Gomes: 5,6%, Sergio Moro: 5,6%, João Doria: 2,1%, Luiz Mandetta: 1,8%. O governador do RS, Eduardo Leite (PSDB) ainda não foi incluído na pesquisa pós-saída do armário.

Eleições 2022-2

Por estas e outras que o governador Marcos  Rocha dificilmente se reelegerá. Com que cara ele vai chegar em Guajará-Mirim e pedir votos? O senador Marcos Rogério (DEM-RO) também está bastante chamuscado com as ações desastrosas dele na CPI da Covid. A população já percebeu que o senador é nocivo para o estado. Por sua vez, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB-RO), também não está agradando.

Eleições 2022- 3

A esquerda rondoniense ainda não fechou os nomes dos candidatos ao governo. São pré-candidatos a candidatos: Ramon Cujuí (PT), Fátima Cleide (PT) e Jesualdo Pires (PSB) e Roberto Sobrinho (PDT).

Pré-candidatos

Pré-candidatos ao Senado Federal: Expedito Júnior (PSDB)Jaime Bagattoli (PSL), Jaqueline Cassol (Progressistas) e Anselmo de Jesus (PT). 

Pré-candidatos 2

Para Câmara Federal: Ramon Cujuí (PT), Anselmo de Jesus (PT) ou Fátima Cleide (PT), Luiz Claudio (PL), Bosco da Federal (PTB), Fernando Máximo (Patriotas), George Braga (MDB), Roberto Kuppê (PT), Alessandra da Fetagro, Lionilda Simão do Sintero do PT e Herbert Lins (Avante).

Pré-candidatos 3

Estadual: Dr. Welisson Nunes (PDT)Dabson Bueno (MDB), Pimentel (MDB), Samuel Costa (PCdoB), Sid Orleans (Cidadania), Hermínio Coelho (PT), Everaldo Fogaça (Republicanos), Dr. Lhano Adorno (PT), Wendell Mendonça (Cidadania), Luciana Oliveira (PT), Edson Silveira (PT), Fatinha (PT), dentre outros.

Por equipe do Mais Rondônia

Facebook Comments