Rezem em casa

Nessa pandemia em especial, Deus não quer que seus fiéis morram de Covid-19. Não precisa ir para igrejas rezar. Rezem em casa mesmo. Se quiser pagar dízimo, faça um Pix. Isolar-se em casa é tão necessário quanto o uso de máscaras e álcool gel. Ensino presencial, nem pensar. O vírus, para quem ainda não sabe, circula pelo ar e é pego por vias aéreas, ou seja, pelo nariz e boca. A atitude do ministro do STF, Kássio Nunes, foi criminosa ao “liberar” cultos presenciais. Tem que ser revisto e cabe até impeachment dele.

Impeachment Já

Por falar em impeachment, já passou da hora de afastar o presidente Bolsonaro. Por nada vezes nada, sem nenhuma morte, afastaram a ex-presidente Dilma, legitimamente eleita. O Congresso Nacional que se recusa colocar um dos mais de 80 pedidos de impeachment à votação, é conivente com as mais de 330 mil mortes por Covid-19. O Brasil é o segundo em mortes no Mundo.

R$ 1 bi pra turma do Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que precisa de US$ 1 bilhão para poder reduzir o desmatamento em 40%. Esperamos que nenhum País dê essa fortuna pro ministro gastar com seus comparsas. A Polícia Federal que é a responsável pelo combate ao desmatamento nunca recebeu um centavo de Fundo Amazônia. Na Polícia Federal não vai passar boiada, diz chefe da PF no Amazonas após críticas de Salles. Alexandre Saraiva, Superintendente da Polícia Federal no estado do Amazonas desde 2017, afirma que é a primeira vez que vê um ministro do Meio Ambiente se posicionar contra ação para proteger a Amazônia.

Será? Será? Será?

De acordo com a publicação do site News Rondônia neste domingo, 4, as 400 mil doses da  vacina Oxford/AstraZeneca adquiridas pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) no dia 12 de março, embarca para o Brasil na próxima quarta-feira, 7 de abril e deve desembarcar na capital já no final de semana. Foi desenvolvido um aplicativo exclusivo para o agendamento/cadastro das pessoas que devem receber a vacina, e a prefeitura está montando uma verdadeira “operação de guerra”. O objetivo é conseguir vacinar 20 mil pessoas por dia para garantir que em 10 dias 200 mil pessoas possam ser vacinadas. Se isso realmente acontecer, Hildon Chaves estará com um pé no Palácio Rio Madeira.

Enquanto isso….

O governador de Rondônia, Marcos Rocha (PRTB), comemora a liberação de cultos presenciais em igrejas. O estado é o último em vacinação e um dos primeiros em casos e mortes na Amazônia. Rocha é alinhado com o presidente Bolsonaro, que não comprou vacinas no tempo certo e hoje o Brasil sofre com mais de 330 mil mortes. As previsões é de que o Brasil atinja as 500 mil mortes em maio.

Marcos Rocha no radar da PF

Marcos Rocha entrou na lista de investigados pela PGR. O governador do estado de Rondônia, Coronel Marcos Rocha, está entre os nove governadores brasileiros investigados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por suspeitas de irregularidades em contratos firmados no combate à pandemia do COVID-19. Conhecida como “Farra do COVID”, a gastança suspeita do dinheiro público destinado ao enfrentamento da pandemia está na mira das autoridades, que inclusive deflagraram operações com o apoio da Polícia Federal, inclusive em Rondônia. O editor chefe de jornalismo da Rede Record de televisão, Augusto Nunes, chegou a chamar Marcos Rocha de “canalha” por conta dessas acusações apontadas pela PGR.

 

Basa financia sustentabilidade

Olha só. O Basa vai financiar empreendedores preocupados e focados com questões sustentáveis da Amazônia contam agora com novas linhas de Crédito Verde. O banco criou linhas que conta o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) para contemplar todos os tipos de projetos que tenham a finalidade de fomentar a sustentabilidade da região amazônica, tais como a pecuária verde, agricultura e agropecuária de baixo carbono e agroflorestas. O objetivo é favorecer os financiamentos sustentáveis em áreas rurais e urbana a partir de empreendimentos de todos os portes com foco socioambiental.

Basa financia sustentabilidade 2

Segundo o Plano de Aplicação de Recursos Financeiros do BASA para 2021, disponível no site da instituição, há seis programas disponíveis. Destes os que podem contemplar projetos com o FNO Verde são: Pronaf; Amazônia Rural – com as linhas FNO Rural Verde, e Rural; Amazônia Empresarial – com as linhas FNO Empresarial Verde, Empresarial e CTI (ciência, tecnologia e inovação); e Amazônia Infra – com as linhas FNO Infraestrutura Verde e Infraestrutura.

Facebook Comments