COLUNA ZONA FRANCA

0
366

Dia D para a Terceira Via

Hoje os presidentes dos partidos MDB, PSDB e Cidadania irão anunciar um nome único, para representar a terceira via nas eleições para a Presidência nas eleições deste ano. O União Brasil pertencia a este grupo, mas abandonou o barco anunciando Luciano Bivar como pré-candidato sangue puro puro. Não há favorito para a terceira via.

Fator Doria

Em reunião realizada na noite desta terça-feira em Brasília, a maioria da Executiva Nacional do PSDB decidiu fazer uma investida para tentar convencer o ex-governador de São Paulo, João Doria, a abrir mão de sua pré-candidatura à Presidência da República pelo partido. A cúpula da sigla vai chamar o correligionário para um encontro ainda hoje, quarta-feira,  com o objetivo de demovê-lo do projeto de disputar o Palácio do Planalto.

Lula + PDT

Enquanto isso, Lula corre para conseguir o apoio crucial e decisivo do PDT. Nesse sentido o PT faz ofensiva no PDT para Ciro  Gomes desistir de candidatura: A ideia é que dessa forma Lula poderia assegurar vitória no 1° turno. Interlocutores do PDT confirmam conversas, mas dizem que a decisão é de Ciro Gomes que não sai de um dígito nas pesquisas. Se o PDT fechar com o PT, fechará também a tampa do caixão de Bolsonaro no primeiro turno.

Lula + PDT 2

O ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, que disputará o governo do Rio de Janeiro pelo PDT fez uma enfática defesa do ex-presidente Lula e criticou as agressões que têm sido feitas por Ciro Gomes a ele. “Lula sofreu ‘lawfare’ (uso indevido dos meios jurídicos), como eu sofri”, disse ele, em entrevista ao jornal O Globo. “Ciro é muito preparado e tem dado uma contribuição na agenda pública quando coloca em evidência a questão da desindustrialização e do rentismo. Agora, eu discordo dos ataques pessoais ao ex-presidente Lula. Acho que ele (Ciro) tem que se espelhar um pouco no Brizola de 1989, que foi atacado implacavelmente pelo PT, mas não perdeu o fio da história. Lula foi o melhor presidente desde a redemocratização, e não podemos desconsiderar a necessidade de diálogo com as forças democráticas”, acrescentou.

Casamento de Lula

ImagemNão é só com o Ciro Gomes que Lula quer casar. Hoje ele casa com a socióloga Rosângela Silva, a   Janja em grande estilo numa casa de festas em São Paulo. O casamento está causando reboliço tanto na sociedade quanto na política. Como pré-candidato líder nas pesquisas, todas as atenções estarão voltadas hoje para o metalúrgico.

O padre do casamento

O bispo emérito de Blumenau (SC), dom Angélico Sândalo Bernardino é quem vai celebrar hoje o casamento do ex-presidente Lula e Janja. O noivo e o religioso se conhecem desde a década de 1970, na época da ditadura militar, quando dom Angélico se envolveu diretamente em lutas populares e na causa operária.

Rio de Nojeira

O Rio de Janeiro está contaminado pela milícia. Anos de roubos (teve cinco ex-governadores presos), o futuro depredado, passado esquecido e o povo desesperado. Ora nas mãos de traficantes, ora nas mãos da milícia. Ultimamente as milícias é quem ditam as leis e as normas no RJ. O atual governador Claudio Castro (PL), bolsonarista até umas horas, é o líder das pesquisas, com Marcelo Freixo (PSB), em segundo.

Eleições Rondônia

A sucessão estadual em Rondônia começa a ferver com as definições das candidaturas. Já definidas as seguintes pré-candidaturas: atual governador coronel Marcos Rocha (União Brasil), Marcos Rogério (PL), Léo Moraes (Podemos) e Comendador Vanclei (Agir). A Frente Democrática deve anunciar o nome do ungido para representar o PT, PSB, PCdoB, Solidariedade, PSOL e Rede.

Senado Federal

Além do governo do estado, a disputa pela única vaga de senador da República será a mais acirrada de todos os tempos. Devem disputar o coração do eleitor os seguintes pré-candidatos: Expedito Junior (PSD), Mariana Carvalho (Republicanos), Léo Fachin (Avante), Jaqueline Cassol (PP), Jaime Gagatolli (PL) e Ramon Cujui (PT).

Mulher no Senado?

Duas mulheres disputarão a vaga de senador da República. Mariana Carvalho (Republicanos) e Jaqueline  Cassol (PP). Dentre essas, a mais forte, sem dúvidas, é Jaqueline Cassol, irmã do ex-governador e ex-senador Ivo Cassol. 

Câmara Federal

Ex-senadora Fátima Cleide, do PT

Com três deputados a menos disputando porque estarão galgando outros cargos, as oito vagas na Câmara Federal serão disputadíssimas com fortes candidatos como a ex-senadora Fátima Cleide (PT), super cotada para assumir uma das vagas. Pela direita, o nome mais forte é o do ex-diretor geral do DER-RO, Elias Rezende (União Brasil).

Câmara Federal 2

Elias Rezende

Além de Fátima Cleide (PT) e Elias Rezende (União Brasil), estarão na disputa: Thiago Flores (PSD), Maria Simões (PL), Luiz Cláudio (PL), Alessandra Lunas (PT), Samuel Costa (PCdoB) e Almir Suruí (PDT).

Assembleia Legislativa

Já para deputado estadual teremos: Estenio Junior (PSDB), Everaldo Fogaça (Republicanos), Hermínio Coelho (PT), Sid Orleans (PT), Vandeir Leite (PT), Bosco da Federal (PL), Ieda Chaves (União Brasil), Luiz Paulo (PP), Fatinha (PT), Dra Taíssa (PSC), Zequinha Araújo (MDB), dentre outros.

Lei Orleans

É de autoria do ex-vereador Sid Orleans (PT) a obrigação da disposição de vagas em estacionamentos de grandes centros comerciais para grávidas, em Porto Velho. “Eu via as mulheres grávidas estacionando muito distante e tendo que caminhar até a entrada do Shopping e dos comércios em geral que ofertavam estacionamento, cansadas pelo peso do filho no ventre. Isso me incomodou demais da conta. Fiz a Lei de estacionamento para gestantes e pessoas com criança de colo”, justificou.

Email da coluna: rkuppe@gmail.com