COLUNA POLÍTICA & PODER (ATUALIZADA)

Gilvan foi exonerado

POLÍTCA & PODER

Roberto Kuppê                                                                                    

Gilvan foi exonerado
Gilvan foi exonerado

 

Gilvan

O governador Confúcio Moura (PMDB) não perdeu tempo e começou a fazer uma limpeza no governo dele. De uma tacada, exonerou quatro secretários, dentre eles, o mais forte: Gilvan Ramos, da Sefin. Embora Confúcio deposite confiança nele, mesmo após preso pela Operação Plateias, preferiu evitar o desgaste e esperar as investigações tomarem curso. O adjunto Wagner Garcia de Freitas assumiu a titularidade.

Sedam e outros

Nanci Rodrigues não está mais na Sedam (pelo menos por enquanto).  Álvaro Lustosa Pires Júnior deixou a pasta que cuida do patrimônio estadual e Eluane Martins deixou a Secel.

Lustosinha

O governador pensou muito para tirar Álvaro Lustosa Pires Filho, o Lustosinha. Mas, segundo fontes, ele teria traído a confiança do governador e desandado a cometer pequenos malfeitos como levar vantagens na compra de um terreno em Ji Paraná, recebeu milhões para liberar a área. Empresários que o denunciaram e reclamaram das altas propinas cobradas, pediram a cabeça dele para o governador.

Emerson Castro

Nem bem assumiu o cargo, coube ao novo secretário Chefe da Casa Civil, Emerson Castro, ser o mensageiro da boa e da má notícia. Com jeito, Castro representou o governador nas solenidades de posse de novos secretários e assessores diretos. Claro, quem deixou o governo ficou meio chateado.  O governador informa, porém, que as mudanças não são definitivas. É possível que alguns retornem aos seus cargos.

Armageddon

Desde sexta-feira é esperada uma nova operação da Polícia Federal e MPF, desta vez mais devastadora. O zum zum zum é grande. Dizem, segundo fontes, que a nova operação não vai deixar pedra sobre pedra lá pelo rumo da Assembleia Legislativa. Até o Natal o mau velhinho promete deixar muita gente sem dormir.

Engraçadinho

Caiu como piada a intenção do deputado federtal Moreira Mendes (PSD) invocar a moralidade e condenar a corrupção praticada pelo correligionário Alex Testoni, prefeito de Ouro Preto do Oeste. Como se sabe, Testoni foi preso pela Operação Plateias. Mendes disse que vai expulsa-lo. O parlamentar não tem moral para isso. está condenado e inelegível exatamente por isso: corrupção.

O consultor

O empresário Mário Calixto Filho está sendo procurado por políticos para dar consultoria especial: como se tornar um exilado político. Com estas operações, muitos políticos estão com as barbas de molho. Por falar em barba, Raupp já visitou Calixto várias vezes. Ivo Cassol e Expedito Júnior, idem.

Raupp

O casal Raupp (Valdir e Marinha), promove na próxima sexta-feira, 12, o tradicional jantar de confraternização com jornalistas da Capital, no Aquárius Selva Hotel. No dia seguinte, 13, é a vez dos jornalistas do interior, com evento semelhante em Cacoal.

Aécio

Parece que o senador Aécio Neves (PSDB), enlouqueceu mesmo. Ele e a tucanaiada. Com estridência, está convocando o Brasil para se manifestar hoje, sábado, a partir das 15 horas contra a presidenta reeleita Dilma Rousseff (PT). Vai fracassar mais uma vez.

Trensalão

Está em quase toda a mídia a notícia de que a Justiça indiciou 33 tucanos no escândalo chamado de Trensalão, que desviou bilhões de reais.  O mensalão do PT virou moedinha sem valor perante o rombo tucano.

Veja

A revista Veja prega abertamente a derrubada de uma presidente que acaba de ser reeleita, tendo como pretexto a interpretação da Abril sobre a delação premiada de um corrupto confesso, o executivo Augusto Mendonça, da Toyo Setal; “Se Dilma tiver mesmo de enfrentar questionamentos semelhantes [um pedido de impeachment], ela o faria enfraquecida por uma reeleição muito apertada, pelo ressurgimento da oposição e por uma economia de prospectos desanimadores”; revista investe na tese de que doação legal é propina; estratégia, no entanto, esbarra nas doações de empreiteiras ao tucano Aécio Neves e nos esquemas de corrupção mineiros que também alimentaram o doleiro Alberto Youseff.

Mais RO

O portal de notícias +RO (Mais RO), tem batido recorde de audiência nos últimos dias. Criado para ser um veículo diferenciado (nada de notícias policiais), o +RO tem se pautado pela ética e pelo compromisso de bem informar.

Reza forte

O governador Confúcio Moura deveria encomendar uma missa campal em frente ao Palácio Rio Madeira para atrair bons fluídos.

E o futebol?

Rondônia está definitivamente fora da rota futebolística nacional. Há anos que não temos times de futebol nas principais competições nacionais. Talvez não seja, mas, o fato de Heitor Costa comandar a FFER por duas décadas pode ser um indicativo do motivo da falência do nosso futebol.  O atual vice-governador e deputado estadual eleito Ayrton Gurgacz (PDT), como desportista e amante do futebol, deveria promover uma intervenção branca. Os dirigentes dos clubes deveriam ajudar também, né? Vira e mexe, reconduzem Heitor ao posto maior da FFER.

G-20

Na verdade, o futebol hoje está concentrado no Sul e Sudeste, com o maior número de times na primeira divisão (Série A). São Paulo tem cinco times na A. Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul com dois representantes cada e, Santa Catarina, quatro! Nenhum time do Norte e apenas o Goiás do Centro-Oeste faz parte da Série A. O Nordeste terá apenas o Sport (Recife) na série A de 2015.

Mas….

Enquanto Heitor Costa fica só no lero-lero, viajando para Dubai, etc, o filho dele, Bruno Costa, brilha na Seleção Brasileira Sub-20. Ele acabar de retornar dos EUA com três títulos na bagagem. Bruno é diretor técnico da Seleção Brasileira Sub-20.

Galpão da Gamboa

Um projeto que está dando certo no Rio de Janeiro é o Galpão da Gamboa, que leva esporte e cultura para as comunidades mais pobres da região. O projeto é dirigido por Marco Nanini. No Galpão da Gamboa o aluno aprende a atuar na TV e Cinema, além de lutar boxe, etc.

 

Facebook Comments