Coluna do RK: Japonês atrás das grades

Coluna do RK

Por Roberto Kuppê (*)

Terça gorda

O dia de hoje promete ferver em Brasília com o anúncio oficial da indicação de Luís Inácio Lula da Silva ao cargo de ministro Chefe da Casa Civil. O convite foi aceito em caráter irrevogável. Lula será ministro sem medo de ser feliz. E, pasmem, senhores! Com apoio incondicional do PMDB.

“Sim, aceito”

Sim, deve aceitar, como aceitou. Mais desgaste com a “prisão” do Moro não existe. Lula está limpo, não deve e não teme. Aliás, já deu demonstrações de que nada teme….

Aviso aos navegantes

O Blog do Kuppê (www.blogdokuppe.com.br), assim como esta coluna não se pauta pela Globo. Portanto, não esperamos sair em canais da Globo para publicar esta ou aquela notícia. O “furo” nacional da indicação de Lula a ministro é nosso. Tanto que internautas buscavam informações em outros veículos de comunicação e não achavam. Aliás, até agora ninguém confirmou, só nós. I’m sorry…

O Japonês sifu

E o sonho de consumo dos “coxinhas” vai ficar para outra vez. Ouvir o “Japa” bater na porta do Lula e dizer “teje” preso, só em outra encarnação. Japonês pode ir para a prisão a qualquer momento e Lula para a Casa Civil. I’m sorry de novo.

O Japa (na foto com Bolsonaro Filho) pretendia ser candidato nestas eleições ou nas próximas. Recebeu o convite de seis partidos. Com certeza analisaram o “currículo” dele e aprovaram. O “Japa” reúne os melhores predicados para ser um político. Segundo Cid Gomes (irmão de Ciro Gomes) a Câmara dos Deputados tem 300 picaretas. O Japa chegou ao lugar certo.

 

Resposta pronta

Segundo as más línguas, Lula já estaria com o discurso pronto se o “Japa” chegasse à porta dele para prendê-lo: “A casa caiu, Lula”. E ele responderia: “Mas a casa não é minha, é do meu amigo”. Risos.

Marcando pesado

Todo o mundo (jurídico) fala que Moro agiu errado, mas ninguém o pune. Falam que Aécio roubou, mas ninguém o pune. Que Eduardo Cunha é bandido, mas ninguém o prende. Já o Lula, cuspiu no chão é pênalti….

Marcha dos corruptos

O que mais se viu na marcha “contra” a corrupção no último domingo foi corrupto. Em São Paulo, na Avenida Paulista, o maior símbolo da sonegação de impostos estava exposto e visível a todos: o pato da FIESP. Aliás, foi a FIESP quem patrocinou pixulecos, camisetas, trios elétricos e até o champagne. Os sonegadores de impostos representam um rombo de 500 bilhões de reais.

Fuga dos tucanoz (com z, de galinhaz)

Hilária a fuga dos tucanos no domingo, na Paulista. Corre, corre, corre- ao som de filho da puta, safado, bandidos! A cara que o deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE) fez sendo enxotado não tem preço.

PMDB no governo até 2022

Sabem quando o PMDB vai deixar o governo? Em 2022, no final do terceiro governo Lula. O PMDB jamais deixará sete ministérios para ficar sem nada. Dilma nãos será afastada, eles sabem disso.

Em Alagoas

Em Maceió, um dos nomes mais cotados para a prefeitura é Israel Lessa (PDT), atual superintendente do Ministério do Trabalho de Alagoas. E, em Colônia, interior das Alagoas, não se fala em outro nome para vereador: Everton Calado, do PT.

No Rio de Janeiro

Marcelo Freixo, do PSOL, vai disputar mais uma vez a prefeitura do Rio de Janeiro. Vai enfrentar Pedro Paulo de Carvalho (PMDB) o candidato do atual prefeito Eduardo Paes (PMDB). Pedro Paulo, que é deputado federal licenciado, é conhecido por espancar mulheres.

PMDB em Rondônia

O ingresso do presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho ao PMDB acendeu a luz vermelha no ninho da cascavel. É sabido que a filiação de Maurão só tem um motivo: sair candidato ao governo em 2018. Ou, no mínimo, ao Senado Federal. Nas duas hipóteses cria problemas internos e externos. Se disputar o governo, mexe com a aliança com o PDT, cujo timoneiro, senador Acir Gurgacz é pré-candidatíssimo ao Palácio Rio Madeira. Se sair ao Senado, bate de frente com o governador Confúcio Moura, pretendente nato a uma das duas vagas de senador. A outra vaga será disputada por Raupp.

Eleições 2016

O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB) tem recebido apoio do governador Confúcio Moura, do PMDB que colocou as máquinas do DER para asfaltar a capital. Numa eventual reeleição do prefeito, Moura quer o apoio de Nazif para se eleger senador em 2018.

Vice de Mauro

O candidato a vice de Mauro está em aberto. Ele espera o PMDB ou fechará mesmo com o PDT.

Mariana

Se comportando como uma autêntica tucana, a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) está em cima do muro na disputa pela prefeitura de Porto Velho. Disse apenas que está a disposição do partido. A coluna arrisca que ela não sai. Por motivos fiscais e empresariais. E “otras cositas más”.

Na contramão

A OAB-RO está na contramão da OAB nacional na questão do impeachment de Dilma. No Brasil, a OAB é contra o golpe. Já a OAB-RO resolveu ouvir a “voz rouca das ruas”, em detrimento da voz suave das urnas.

(*) Roberto Kuppê escreve no Blog do Kuppê e no Mais RO

 

Facebook Comments